Fifa veta treino no Mané Garrincha e irrita Paulo Bento

O estado ruim do gramado do Estádio Mané Garrincha, onde nesta quinta-feira se enfrentam as seleções de Portugal e Gana, levou a Fifa a vetar a realização dos tradicionais treinos de reconhecimento nas vésperas de partidas da Copa do Mundo. A interdição irritou o treinador da seleção portuguesa, Paulo Bento, que reclamou ainda do horário da realização do jogo, às 13 horas, quando a temperatura na capital federal poderá se aproximar dos 30 graus Celsius.

SERGIO TORRES, Agência Estado

25 de junho de 2014 | 13h42

"Por que raio vai fazer bem jogar a esta hora? Esta é a melhor solução para um jogador?", perguntou ele, para quem a Fifa errou também ao não destinar à Portugal o hotel em Manaus que havia sido escolhido pela Federação Portuguesa de Futebol.

A interdição do gramado para o treino de reconhecimento foi informado pela Fifa por meio de nota, em que diz ter sido cumprido o "procedimento padrão", por causa da necessidade de preservar o gramado, onde já ocorreram três partidas do Mundial. "A condição do gramado do Mané Garrincha não preocupa", relata a nota da Fifa.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolPortugal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.