Figo admite deixar seleção após Eurocopa

O meia português Luis Figo, do RealMadrid, admitiu que sua carreira na seleção portuguesa deve terminareste ano. "Acho que é provável que não continue depois da Eurocopa.Não é ainda definitivo, tomarei a decisão em um momento determinado.Dei muito pela seleção. Mas depois da Eurocopa vem uma classificaçãopara o Mundial de um ano e meio e não seria lógico que jogasse estafase se não estarei na Alemanha", disse. Figo disse não gostar do apelido de "galático", como são chamadosos jogadores do milionário time espanhol, mas que é preferível umapelido positivo que um negativo, acrescentando que o "galático éFlorentino Pérez" (presidente do clube). "Estou um pouco à margem de todos os rumores sobre minharenovação. Me restam dois anos e estou tranqüilo, aqui estou bem.Espero cumpri-los enquanto houver confiança em mim e em meutrabalho" disse Figo a uma emissora de rádio local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.