Figo pode continuar sua carreira na China

Luis Figo quer estender sua carreira fora da Europa e estaria considerando jogar na Super Liga de Futebol da China (CSL, na sigla em inglês), informou nesta quinta-feira um jornal local.

REUTERS

21 de maio de 2009 | 14h50

O meio-campista português anunciou sua retirada do futebol em "alto nível", depois de ajudar a Inter de Milão a conseguir seu quarto título consecutivo no Campeonato Italiano no fim de semana passado.

"Ainda estou esperando para ser chamado para jogar fora da Europa, desde Estados Unidos a Japão", disse Figo, de 36 anos, ao jornal esportivo chinês Titan Sports.

"Também ficarei feliz em aceitar ofertas de clubes da CSL", acrescentou.

A diferença do Japão, Golfo Pérsico e Estados Unidos para o futebol chinês é que este não atrai com muita frequência os grandes jogadores que querem terminar suas carreiras ali.

O ex-jogador da seleção italiana e meio-campista da Roma Damiano Tommasi joga atualmente no Tianjin Teda, enquanto que em 2003 o meia inglês Paul Gascoigne integrou por poucos meses o clube chinês da segunda divisão Gansu Tianma.

(Reportagem de Liu Zhen e Nick Mulvenney)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTFIGOCHINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.