Matt Dunham/AP
Matt Dunham/AP

Figo imita Romário ao responder Maradona: 'Calado é um poeta'

Português não gostou de ser criticado por desistir em eleição da Fifa

EFE

08 de junho de 2015 | 16h51

O português Luís Figo, que chegou a ser candidato à presidência da Fifa, respondeu ao argentino Diego Maradona de maneira forte, utilizando frase semelhante a que Romário usou para atacar Pelé, após o argentino o ter acusado de ser pouco confiável.

"Há alguns que, quando estão calados, são uns poetas e outros que só estão conscientes quando dormem", escreveu o ex-jogador de Barcelona e Real Madrid, em seu perfil no Facebook.

Figo ainda aproveitou para garantir que respeita o passado do antigo camisa 10 da seleção argentina, mas apenas como atleta.

"Como jogador, Diego Armando Maradona foi brilhante e essa é a memória que quero guardar dele. Lamento o seu trajeto após se ter retirado dos gramados e no que se transformou um dos maiores jogadores de todos os tempos", completou o português.

Em entrevista a emissora América, o argentino disse que respeita Figo, mas que não se pode confiar na palavra do também ex-atleta.

"Antes, o respeitava, mas me dei conta que tem menos palavra que Bernardo, amigo de Zorro", disse 'El Pibe'.

Figo foi pré-candidato à presidência da Fifa, mas se retirou do processo uma semana antes das eleições, afirmando que não se tratava de um processo limpo.

Já Maradona foi um dos mais ilustres apoiadores do príncipe jordaniano Ali bin Al-Hussein. Hoje, o argentino disse que se pode se tornar vice-presidente da entidade internacional, caso seu candidato vença as eleições que deverão acontecer entre dezembro e março do próximo ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.