Figueirense bate o Atlético-GO de virada e segue vivo

No Orlando Scarpelli, equipe faz 2 a 1 e assume a sexta colocação da Série B, com 39 pontos

AE, Agencia Estado

18 de setembro de 2009 | 23h29

O Figueirense levou um susto e saiu atrás, mas na base da raça virou o jogo contra o Atlético Goianiense e venceu por 2 a 1, nesta sexta-feira, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. O duelo foi válido pela 25.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

 

Veja também:

Brasileirão Série B - tabela Classificação | lista Tabela

especialSÉRIE B - Leia mais sobre a competição

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Com a vitória, o Figueirense subiu para a sexta colocação, com 39 pontos, diminuindo para quatro a diferença para o Ceará, o quarto colocado, que joga contra o Paraná neste sábado, em Fortaleza. O Atlético se mantém em terceiro lugar, com 44 pontos.

O time goiano começou melhor e abriu o placar logo aos sete minutos. Elias cruzou da direita, o zagueiro Antônio Carlos subiu mais alto que a defesa e cabeceou sem chances para o goleiro Wilson. A bola entrou no ângulo.

O Figueirense cresceu de produção após os 20 minutos e deixou tudo igual, aos 28, numa bela cobrança de falta de Schwenck. Ele soltou a bomba, a bola ganhou efeito e entrou no ângulo do goleiro Márcio.

No segundo tempo, o time catarinense foi para cima e acabou premiado com a virada no final. Aos 38 minutos, Schewnck cobrou falta, a bola desviou no meio do caminho e morreu no fundo do gol. Depois, o time catarinense só administrou o importante resultado.

Pela 26.ª rodada, o Figueirense enfrenta o Paraná, no próximo dia 26 (sábado), às 16h10, em Curitiba. O Atlético faz o clássico contra o Vila Nova, no mesmo dia, no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

FIGUEIRENSE 2 X 1 ATLÉTICO-GO

Figueirense - Wilson; Roger Carvalho, Toninho, Edson e Egídio; Diego Paulista (Paulo Sérgio), Roberto Brum, Paulinho e Fernandes; Schwenck (Vinicius Pacheco) e Rafael Coelho (Marcelo). Técnico: Márcio Araújo

Atlético-GO - Márcio; Rafael Cruz, Leandro Amaro, Antônio Carlos e Chiquinho; Leandro Carvalho, Pituca, Robston e Elias; Juninho (Lindomar) e Marcão (Brasão). Técnico: Mauro Fernandes

Gols - Antônio Carlos, aos 7, e Schwenck, aos 28 minutos do primeiro tempo; Schwenck, aos 38 minutos do segundo tempo

Árbitro - Cláudio Mercante (PE)

Cartões amarelos - Rafael Coelho e Toninho (Figueirense); Antônio Carlos, Leandro Amaro, Róbston e Chiquinho (Atlético-GO)

Cartão vermelho - Brasão (Atlético-GO)

Renda e público - Não disponíveis

Local - Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.