Reprodução Twitter Figueirense
Reprodução Twitter Figueirense

Figueirense e São Bento empatam em jogo encerrado aos 37 minutos do 2º tempo

Árbitro Grazianni Maciel Rocha espera por mais de 40 minutos antes de tomar a decisão

Estadão Conteúdo

14 Setembro 2018 | 23h26

Em jogo encerrado aos 37 minutos do segundo tempo pela má condição do gramado por causa da forte chuva em Florianópolis, Figueirense e São Bento ficaram no empate por 2 a 2, nesta sexta-feira, pela 27.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O árbitro Grazianni Maciel Rocha esperou por mais de 40 minutos antes de tomar a decisão.

Com o resultado, o Figueirense chegou ao terceiro jogo sem vitória e terminou a noite na oitava posição, com 39 pontos, contra 35 do São Bento, que já não perde há quatro rodadas. A partida marcou a estreia de Rogério Micale no comando do time catarinense, em substituição a Milton Cruz.

Em boa fase, o São Bento envolveu o Figueirense nos primeiros minutos. Apesar de jogar fora de casa, tomou a iniciativa e aproveitou o campo pesado, com a forte chuva que caiu na capital catarinense, para abrir o marcador. Dudu Vieira aproveitou uma escorregada do defensor para invadir a área pelo lado de campo e tocar para Francis. O atacante só empurrou para o gol.

Mas a resposta do Figueirense foi imediata. Em cruzamento de Diego Renan, Cleberson desviou de cabeça e achou Elton livre dentro da área. O atacante pegou de primeira e no alto para deixar tudo igual aos 16 minutos.

O gol do empate acabou deixando o duelo morno. O São Bento teve um pouco mais de volume de jogo, mas não conseguiu ampliar. Na melhor chance, Dudu Vieira apareceu pela direita e cruzou fechado. Ronaldo não chegou a tempo para marcar.

No segundo tempo, Micale promoveu a entrada de André Santos, ex-Corinthians e seleção brasileira, que chegou ao Figueirense com o objetivo de se aposentar no clube. E o time catarinense cresceu e fez o segundo aos oito minutos. Após cobrança de escanteio do lateral, Ferrareis desviou e Elton se atirou para fazer mais um.

Se Elton estava em uma noite iluminada, Francis não ficou atrás. Aos 17 minutos, Zezinho cobrou falta para dentro da área, o atacante do São Bento aproveitou o quique da bola para dar uma bicicleta e marcar um bonito gol. Valeu o ingresso.

A partir daí, a chuva apertou e, aos 37 minutos, o árbitro resolveu paralisar a partida. Ele esperou por mais 40 e decretou o encerramento do jogo por causa do gramado encharcado. O Figueirense, que precisa vencer, não gostou da decisão.

Na próxima rodada, o Figueirense enfrenta o Londrina na terça-feira, às 21h30, no Estádio do Café, no Paraná. Na sexta, às 20h30, o São Bento recebe o Boa no Walter Ribeiro, em Sorocaba.

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE 2 X 2 SÃO BENTO

FIGUEIRENSE - Dênis; Raul, Nogueira, Cleberson e Diego Renan; Pereira, Betinho, Gustavo Ferrareis e Renan Mota (André Santos); Jorge Henrique (Juninho) e Elton. Técnico: Rogério Micale.

SÃO BENTO - Rodrigo Viana; Tony, Ewerton Páscoa, Anderson Salles e Pedro Botelho; Fábio Bahia, Dudu Vieira e Marcelo Cordeiro (Zezinho); Luidy (Zezinho), Francis e Ronaldo. Técnico: Marquinhos Santos.

GOLS - Francis, aos 13, e Elton, aos 16 minutos do primeiro tempo. Elton, aos oito, e Francis, aos 17 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Grazianni Maciel Rocha (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Gustavo Ferrareis e Nogueira (Figueirense); Ewerton Páscoa e Tony (São Bento).

RENDA - R$ 31.960,00.

PÚBLICO - 1.535 pagantes.

LOCAL - Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.