Figueirense ganha confronto direto contra o Brasil-RS e respira na Série B

Equipe catarinense subiu para a 12ª posição, a três de distância da zona de rebaixamento

Estadão Conteúdo

04 Novembro 2017 | 18h58

O Figueirense ganhou fôlego na disputa contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B. Neste sábado, conquistou uma importante vitória por 2 a 0 em confronto direto contra o Brasil, de Pelotas (RS), em jogo válido pela 33.ª rodada, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, e complicou a vida do adversário.

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro Série B

Com o resultado, o time catarinense chegou aos 42 pontos, três na frente do Luverdense, primeiro time dentro da zona de rebaixamento, na 17.ª colocação. O Brasil-RS, por sua vez, tem a mesma pontuação do time mato-grossense e agora com uma sequência de cinco jogos sem vencer.

O duelo começou com o Figueirense insistindo em jogadas pelo lado esquerdo. O time buscou trocar passes para abrir espaço na defesa adversária e conseguiu levar perigo ao gol de Marcelo Pitol em jogadas de bola aérea. Aos poucos, a equipe catarinense passou a explorar outros setores do campo, mas o último passe era quase sempre pelo alto. Em um desses cruzamentos, aos 10 minutos, Renan Mota acertou a bola no travessão após bom cabeceio.

Depois disso, as chances ficaram escassas, apesar do jogo se configurar com o time da casa atacando e o visitante se defendendo. O Figueirense voltou a criar aos 37 minutos, quando Jorge Henrique parou em boa defesa de Marcelo Pitol. No lance seguinte, aos 38, o atacante teve nova oportunidade após desvio em cobrança de escanteio e mandou para o fundo do gol, fazendo 1 a 0.

No retorno para o segundo tempo, o Brasil-RS deu a entender que seria capaz de reagir, depois de entrar bem nos primeiros minutos. Mas logo caiu de produção e pouco fez para incomodar o Figueirense, que ainda ampliou o placar. Aos 41, André Luís recebeu livre de costas. A defesa adversária parou pedindo impedimento, enquanto ele fez o giro e bateu no canto para fazer o segundo gol.

Os dois times voltam a campo às 20h30 desta terça-feira para a disputa da 34.ª rodada. O Figueirense encara o Oeste na Arena Barueri, em Barueri (SP), enquanto que o Brasil-RS recebe o Paraná no estádio Bento Freitas, em Pelotas.

FICHA TÉCNICA:

FIGUEIRENSE 2 x 0 BRASIL-RS

FIGUEIRENSE - Saulo; Dudu, Ferreira, Naylhor e João Lucas; Dudu Vieira, Zé Antônio, Marco Antônio (Abuda) e Renan Mota (Lucas); Jorge Henrique (Ferrugem) e André Luís. Técnico: Milton Cruz.

BRASIL-RS - Marcelo Pitol; Éder Sciola, Teco, Leandro Camilo e Marlon (Lincom); João Afonso, Leandro Leite, Itaqui e Rafinha (Aloísio); Marcinho e Juninho (Cassiano). Técnico: Clemer.

GOLS - Jorge Henrique, aos 38 minutos do primeiro tempo; André Luís, aos 41 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - André Luís e Renan Mota (Figueirense); Cassiano, Leandro Leite, Rafinha, João Afonso e Marlon (Brasil-RS).

ÁRBITRO - Paulo Roberto Alves Júnior (PR).

RENDA - R$ 84.985,00.

PÚBLICO - 4.448 pagantes.

LOCAL - Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.