Figueirense ganha do Goiás: 3 a 0

Em grande estilo, o Figueirense quebrou a sequência de quatro resultados negativos no Campeonato Brasileiro, ao golear o Goiás por 3 a 0, na tarde desta quarta-feira, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. O time catarinense somou seu 23º ponto no torneio, mas segue na zona de rebaixamento, em 21º lugar. Já os goianos permanecem com 41.O Figueirense tomou a iniciativa desde o início e sufocou o Goiás em todo primeiro tempo, porém só conseguiu marcar uma vez. Aos cinco minutos, o atacante Alexandre insistiu numa jogada pela direita e cruzou curto para dentro da área, onde Rodrigo Souto dominou e tocou para marcar. A primeira etapa também foi marcada por lances polêmicos que envolveram a arbitragem. O zagueiro Cleber e o meia Fernandes foram derrubados dentro área do Goiás aos dois e aos 12 minutos sem que o árbitro Evandro Romananotasse pênalti, provando protestos dos mais de sete mil torcedores no estádio. Acuado, o Goiás só conseguiu levar perigo ao gol do Figueirense aos 45 minutos, quando Roni exigiu uma ótima defesa do goleiro Edson Bastos. O Goiás entrou diferente no segundo tempo, chegou a esboçar uma reação, mas não foi suficiente. O time da casa ampliou para 2 a 0 aos 15 minutos. Depois de uma bela jogada que começou no meio com Marquinhos Paraná, a bola sobrou para Jonatas levantar na área, ondeAdriano, que entrara no segundo tempo, fuzilou contra a meta do goleiro Harlei. O Goiás tentou reagir e logo em seguida desperdiçou ótima chance com Leandrinho. Mas o time catarinense conseguiu segurar a reação. Aos 23 Adriano é derrubado na área pelo zagueiro Aldo e o árbitro marca pênalti. No minuto seguinte, o meia Fernandes cobra com força para fazer o terceiro, definindo a vitória.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.