Figueirense ignora batalha do Caxias

Nesta terça-feira a única preocupação do Figueirense era ficar bem preparado para vencer o Avaí, nesta quarta, e garantir o título do campeonato catarinense.A liminar concedida na segunda-feira em favor do Caxias para que seja incluído na Série A do Campeonato Brasileiro faz parte de uma disputa que o clube de Florianópolis vai assistir de longe: "A prefeitura de Caxias do Sul (RS) entrou com um pedido de ação civil pública em que são réus a Confederação Brasileira de Futebol e o Superior Tribunal de Justiça Desportiva. O Figueirense nem faz parte do processo", explica o vice-presidente jurídico do clube, o advogado João Batista Baby. "A ação pede apenas a inclusão do Caxias (na divisão de elite), sem se referir ao Figueirense", diz Baby. Batalha judicial - A prefeitura de Caxias do Sul entrou com processo na Justiça Civil, com um pedido de medida liminar, que vai contra a decisão do STJD, que deu ganho de causa ao Figueirense na ação impetrada pelo clube gaúcho após a final da Série B do ano passado, garantindo sua ascensão à Série A. A liminar foi concedida e caso seja mantida a CBF terá de pagar uma multa de R$ 100 mil para cada dia que continuar deixando o Caxias fora da Série A, após expirado o prazo para cumprir a decisão. O valor da multa foi estabelecido pelo juiz Antônio Claret Flores Cecatto, da 6ª Vara Cível de Caxias do Sul, que concedeu a liminar ao clube gaúcho. De qualquer forma, é esperado recurso da CBF.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.