Figueirense investe para jogar Série A

Depois de ver sua participação ameaçada, por causa da disputa jurídica com o Caxias, o Figueirense está pronto para estrear na Série A do Campeonato Brasileiro. Para isso, a diretoria do clube catarinense investiu na contratação de reforços. Assim, o Figueirense trouxe o lateral-direito Adriano, ex-Malutrom, o zagueiro Claudio Luiz, ex-Juventus, o volante Donizete, ex-Goiânia, o meia Igor, ex-Rio Branco (SP) e o meia-atacante Mendes, ex-Viana (MA). Além disso, Adriano Sella, do CRB-AL, Carlos Rogério, do Marcílio Dias-SC, e Fernandes, do Palmeiras, voltaram ao clube após terem sido emprestados. O grande destaque do time do técnico Roberval Davino é Carlinhos, que já defendeu o Figueirense em 105 partidas, desde 1999. Antes, havia passado por vários times brasileiros e até pela seleção brasileira, em cinco amistosos em 1995 e 1996. Time-base: Gustavo; Adriano, Márcio Goiano, Carlos e André Luiz; Paulo Sérgio, Marcinho, Pires e Marcelinho; William e Selmir. Técnico: Roberval Davino.

Agencia Estado,

09 Agosto 2002 | 12h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.