Figueirense marca nos acréscimos, elimina o Botafogo e segue na Copa do Brasil

Um golaço de letra do atacante Marcão, nos acréscimos do segundo tempo, deu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil para o Figueirense, quando as esperanças pareciam que estavam esgotadas. Em um jogo bastante equilibrado, o time catarinense venceu o Botafogo por 1 a 0, nesta terça-feira, em pleno estádio do Engenhão, no Rio, e garantiu a vaga na próxima fase. Ao clube carioca, resta agora somente a luta pelo acesso na Série B do Campeonato Brasileiro nesta temporada.

RONALD LINCOLN JR., Estadão Conteúdo

14 de julho de 2015 | 23h20

No jogo de ida, em Florianópolis, no final de maio, as duas equipes haviam empatado por 2 a 2. Com isso, o time alvinegro carioca ganhou a vantagem de empatar por 0 a 0 ou 1 a 1 por ter feito gols fora de casa. Nesta segunda partida, porém, o Botafogo até que foi bem, sobretudo na primeira etapa, mas não teve precisão para converter as oportunidades em gols.

O Botafogo não se acomodou com a vantagem e desde os primeiros instantes pressionou a equipe adversária, criando algumas chances de gol. Elvis, Rodrigo Pimpão e Luís Henrique tiveram grandes oportunidades, mas desperdiçaram. O duelo marcou a estreia do meia Octávio, que teve boa movimentação, apesar da falta de ritmo de jogo.

A equipe catarinense, por sua vez, foi cautelosa e atuou bastante recuada. Quando surgiam brechas, se jogava para o ataque e até teve uma ótima oportunidade em cabeçada de Marcão, que foi salva pelo goleiro Jefferson.

As posturas se inverteram na segunda etapa. O Figueirense não podia perder tempo e sufocou o Botafogo até os minutos finais. Os donos da casa não conseguiram manter o ritmo da primeira etapa e se viram acuados pelos avanços do adversário. E, aos 46 minutos, Ricardinho avançou pela ponta e lançou na área, Marcão se antecipou ao marcador e completou de letra, marcando um belo gol que recompensou a persistência de sua equipe, que segue na competição.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 0 x 1 FIGUEIRENSE

BOTAFOGO - Jefferson; Roger Carvalho, Renan Fonseca, Luis Ricardo e Jean; Diego Giaretta, Willian Arão, Elvis (Tomás Bastos) e Octávio (Daniel Carvalho); Rodrigo Pimpão e Luis Henrique (Sassá). Técnico: René Simões.

FIGUEIRENSE - Alex Muralha; Jefferson (Dudu), Marquinhos, Saimon e Marcos Pedroso; Ricardinho, Paulo Roberto, Fabinho e Rafael Bastos (Yago); Thiago Santana (Everaldo) e Marcão. Técnico: Argel Fucks.

GOL - Marcão, aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Rodrigo Pimpão e Daniel Carvalho (Botafogo); Dudu (Figueirense).

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues Guerra (SP).

RENDA - R$ 132.710,00.

PÚBLICO - 6.485 pagantes (7.116 no total).

LOCAL - Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.