Figueirense na defesa, mesmo em casa

O técnico Adílson Baptista estuda alterar o modo de jogo do Figueirense para receber o Corinthians neste domingo, às 16 horas, pela 26.ª rodada do Brasileiro, optando por um time mais retrancado. Isto porque ao mesmo tempo em que enfrentará a terceira pior defesa da competição ? o Corinthians sofreu 46 gols em 25 partidas ? o time catarinense terá pela frente o ataque que mais gols marcou na competição, 52. Assim, o habitual esquema 3-5-2 do Figueirense, que luta para fugir da zona de rebaixamento, pode ser substituído por um conservador 4-4-2. Na prática, a alteração pode diminuir os avanços do lateral Michel Bastos, artilheiro do time com 10 gols. E para compor o quadrado central, o veterano Sérgio Manoel cederia lugar para o meia Bilu. À frente, o desfalque é o atacante Jônatas, que contundido só deve retornar ao elenco na próxima rodada. Alexandre e Adriano disputam a vaga para dividir a tarefa de fazer gols com Edmundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.