Figueirense passa sufoco, mas ganha do Ceará

O Figueirense passou sufoco neste sábado, mas conseguiu uma importante vitória na 23ª rodada da Série B do Brasileiro. Jogando no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, o time catarinense derrotou o Ceará por 2 a 1 e encostou no G-4, o grupo dos quatro melhores do campeonato.

AE, Agencia Estado

12 de setembro de 2009 | 19h00

A vitória em casa levou o Figueirense aos 36 pontos, em sétimo lugar na classificação do campeonato. Está, assim, quatro pontos atrás do quarto colocado, que é justamente o Ceará, que ficou estacionado nos 40 pontos após perder em Florianópolis.

Os donos da casa dominaram completamente a primeira etapa da partida, valendo-se do gramado pesado, resultado das fortes chuvas em Florianópolis. Apesar disso, o primeiro gol saiu apenas aos 39 minutos, quando o atacante Schwenck desviou de cabeça e fez 1 a 0 para o Figueirense.

Na segunda etapa, o Figueirense pressionou a saída de bola e ampliou logo no primeiro minuto. O meia Fernandes aproveitou rebote do goleiro Lopes e fez 2 a 0. Depois disso, o Ceará cresceu de produção e foi ao ataque. Assim, o time cearense diminuiu com o meia Geraldo, aos 25.

No final, o Ceará foi com tudo ao ataque e, mesmo com dois jogadores a menos - Anderson e Boiadeiro foram expulsos -, teve uma grande chance para empatar. Mas Geraldo errou a cobrança do pênalti aos 48 minutos, o que garantiu a vitória do Figueirense.

Na próxima terça-feira, os dois times voltam a campo pela Série B. O Figueirense enfrentará o Guarani em Campinas, enquanto o Ceará recebe o Vila Nova em Fortaleza.

FICHA TÉCNICA:

Figueirense 2 x 1 Ceará

Figueirense - Wilson; Toninho (João Filipe), Régis e Edson; Lucas, Diego Paulista, Paulinho (Anderson Pico), Fernandes e Egídio; Paulo Sérgio (Vinícius Pacheco) e Schwenck. Técnico - Márcio Araújo.

Ceará - Lopes; Boiadeiro, Erivélton, Anderson e Fábio Vidal (Esley); João Marcos, Michel (Jorge Henrique), Heleno e Geraldo; Wellington Amorim (Misael) e Rômulo. Técnico - Paulo César Gusmão.

Gols - Schwenck, aos 39 minutos do primeiro tempo; Fernandes, a 1, e Geraldo, aos 25 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Wilton Pereira Sampaio (DF).

Cartões amarelos - Toninho, Régis, Anderson, Michel, Fábio Vidal, Geraldo, Jorge Henrique, Schwenck, Lucas, Boiadeiro e Misael.

Cartão vermelho - Anderson, Boiadeiro e Régis.

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.