Figueirense renova com Carlos Alberto e frustra São Paulo

O Figueirense renovou contrato por três anos com o volante Carlos Alberto, que está suspenso por um ano por falsificação de documentos e despertava o interesse do São Paulo. Ele foi condenado por ter adulterado sua idade - com 28 anos, ele dizia ter 23, e usou os documentos falsos inclusive na seleção brasileira, quando participou da conquista do Mundial sub-20, em 2003, nos Emirados Árabes.O anúncio foi feito pelo clube em seu site oficial. O jogador tem a promessa de ter sua pena suspensa a partir de maio, quando ela chega à metade. Ele alegou, em sua defesa, que aceitou a falsificação dos documentos porque precisava ajudar sua família, carente de recursos financeiros. Se isso acontecer, ele poderá voltar ainda nas primeiras rodadas do Brasileirão. "A renovação do contrato com Carlos Alberto é a ratificação do que afirmamos na ocasião da denúncia: o Figueirense segue sua firme trajetória de reconhecer aqueles que se dedicam ao clube e Carlos Alberto é um dos mais fortes exemplos disso", disse o presidente do Figueirense, Norton Flores Boppré.Com isso, o Figueirense frustra os planos do São Paulo, que negociava a contratação do jogador para abril, assim que terminasse a suspensão. O volante preencheria a vaga de Mineiro, que deixou o Morumbi para atuar no futebol europeu, possivelmente o alemão.O Figueirense, que terminou o Brasileiro em sétimo lugar, perto de uma vaga na Libertadores, se desfez de três de suas principais estrelas na competições: o meia Cícero e o atacante Soares, que foram para o Fluminense, e o atacante Schwenck, que não acertou sua renovação de contrato. Mais um reforçoNeste domingo, foi anunciada a chegada do goleiro Wilson, de 22 anos, que estava na reserva do Flamengo, onde foi formado nas categorias de base. Ele deve se juntar nesta segunda à equipe, que inicia a pré-temporada de uma semana num hotel na região metropolitana de Florianópolis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.