Figueirense só empata com Ipatinga e segue ameaçado

Clube de Santa Catarina leva gol de empate aos 48 minutos do segundo tempo; mineiros deixam lanterna

Rafael Bragança, Agencia Estado

18 de outubro de 2008 | 20h33

Debaixo de muita chuva, o Figueirense cedeu o empate ao Ipatinga nos acréscimos e perdeu a chance de vencer em casa e se distanciar ainda mais da zona de rebaixamento. A igualdade por 1 a 1 fez o time chegar a 34 pontos e permanecer na 14.ª posição. Para o time mineiro, que segue correndo sério risco de cair para a Série B, ao menos o resultado fez a equipe deixar a lanterna. Agora o clube aparece em 19.º, com 28 pontos.   Veja também: Classificação Calendário / Resultados  Dê seu palpite no Bolão Vip do LimãoQuando o jogo começou em Florianópolis, a chuva já havia castigado o gramado do Orlando Scarpelli. Para piorar, logo nos primeiros minutos o céu começou a desabar e assim permaneceu por quase toda a etapa inicial, dificultado muito o toque de bola. As poças foram aumentando e ficava difícil jogar pelo chão, transformando o jogo aéreo em uma boa opção.Precisando dos três pontos para se distanciar da zona de rebaixamento, o Figueirense começou partida arriscando mais. E logo aos dez minutos conseguiu abrir o placar. Em jogada individual Marquinho avançou pela esquerda e cruzou na segunda trave, onde Gian estava para desviar de cabeça para o meio. Lima chegou batendo mas furou. Na sobra, Tadeu estava esperto para arrematar no canto e fazer 1 a 0.O jogo seguiu com o time da casa superior em campo. Devido ao estado da gramado, a qualidade técnica do jogo ficou sofrível. Aos 22, Lima arriscou de longe para tentar surpreender o goleiro, e o chute foi para fora. Quatro minutos depois, novamente o atacante criou boa chance para o Figueirense. Ele recebeu a bola dentro da área, mas voltou a furar e não conseguiu ampliar. O Ipatinga continuava adotando uma postura defensiva, e pouco ameaça nos contra-ataques porque o gramado ruim impedia que ambos os times atacassem com velocidade. Apenas aos 43 minutos, o time visitante conseguiu criar uma chance para empatar, quando Leandro Salino invadiu a área e bateu para fora, longe do gol, com a bola quase saindo pela lateral. Na segunda etapa, o jogo pouco mudou. O Figueirense, que criva mais, chegou novamente aos 14 minutos. Bruno Santos recebeu de costas na área e girou, rolando a bola para Gomes chegar chutando. Mas o meia arrematou para fora. Marquinho também criou outra boa oportunidade, aos 27, após passar por três marcadores e chutar muito perto do gol.Depois de insistir, o Figueirense se postou de forma mais defensiva e viu o Ipatinga ameaçar, principalmente em lances de bola parada. Já aos 48 minutos, o time da casa foi castigado por se retrancar e levou o empate. Pablo Escobar recebeu de costas na área, girou rápido e bateu. A bola ainda parou na água e entrou de mansinho no gol do Figueirense. Figueirense 1 x 1 IpatingaFigueirense - Wilson; Gomes, Bruno Perone, Asprilla e Diogo; Magal, Ramon (Jackson), Lima (Bruno Aguiar) e Marquinho; Bruno Santos (Rodrigo Fabri) e Tadeu. Técnico: Mário Sérgio.Ipatinga - Fernando; Márcio Gabriel (Pablo Escobar), Gian, Henrique e Beto (Luciano Mandi); Júlio, Augusto Recife, Xaves e Leandro Salino (Michel); Kempes e Ferreira. Técnico: Márcio Bittencourt.Gol - Tadeu, aos 10 minutos do primeiro tempo; Pablo Escobar, aos 48 minutos do segundo tempo.Árbitro - Sérgio da Silva Carvalho (DF).Cartões amarelos - Ramon e Bruno Santos (Figueirense); Augusto Recife, Gian e Júlio (Ipatinga).Renda e público - Não disponíveis. Local - Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.