Figueirense traz reforços ofensivos no banco para bater Cruzeiro e deixar degola

O Figueirense encara o Cruzeiro, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, neste domingo, a partir das 18h30, no encerramento da quarta rodada do Campeonato Brasileiro, recheado de novidades dentro e fora de campo para escapar da zona de rebaixamento. Serão quatro reforços para a partida e todos do meio de campo ou ataque.

Estadão Conteúdo

31 de maio de 2015 | 07h54

Rafael Bastos será titular da equipe e deve ser a única mudança em relação ao time que acabou derrotado para o Grêmio, na última rodada da competição. Carlos Alberto, Elias e Thiago Santana devem ficar no banco de reservas e possivelmente entrar no decorrer do jogo.

"O Elias, o Rafael, o Carlos e Thiago Santana vão para o jogo. São jogadores importantes, principalmente o Rafael. Ele trabalhou bem essa semana, foi bom para dar um ritmo competitivo para esses jogadores. O Elias, o Thiago Santana, Carlos Alberto devem esperar. A gente volta a ter um leque de opções interessantes", declarou o técnico Argel Fucks.

O zagueiro Saimon não conseguiu obter a documentação regularizada a tempo e a zaga deve ter Marquinhos e Bruno Alves. Sobre a situação de Carlos Alberto, Argel Fucks foi bem enfático sobre a condição de jogo do atleta. "O Rafael Bastos é titular da nossa equipe. Ele desde a chegada é titular. Ele saiu da equipe por uma lesão. O Carlos Alberto vai esperar uma oportunidade, é um jogador que certamente vai estar no banco. Temos que ter um cuidado com ele, aos poucos. Vamos ver como ele está se sentindo. Vamos ver como ele vai estar", salientou o treinador.

Além destes reforços, o Figueirense, na busca pela primeira vitória no Brasileirão, confia novamente na força do fator casa, o estádio Orlando Scarpelli. No duelo contra o Cruzeiro, o time quer fazer valer o espírito de equipe do ano passado quando, sob comando de Argel Fucks, só foi derrotado duas vezes nas 15 partidas que realizou em Florianópolis.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFigueirense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.