Figueirense vence a Ponte e chega ao G-4 da Série B

Time catarinense mantém recuperação na competição e já luta por vaga ao Brasileirão da Série A de 2010

AE, Agencia Estado

25 de julho de 2009 | 18h28

O Figueirense venceu a Ponte Preta por 1 a 0 neste sábado, em Campinas, e chegou ao G-4, a zona de acesso para a Série A de 2010. O time catarinense chegou a 23 pontos e ocupa a quarta posição, à frente do rival campineiro, que começou a rodada entre os quatro primeiros e, com 21 pontos, agora está em sétimo lugar.

Veja também:

Brasileirão Série B - tabela Classificação | lista Tabela

especialSÉRIE B - Leia mais sobre a competição

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Mostrando a costumeira aplicação, a Ponte Preta começou o jogo melhor em campo, com mais volume, mas pecava na armação das jogadas e nas finalizações. O Figueirense, bem postado na marcação, demonstrava perigo nos contragolpes e fez prevalecer sua estratégia aos 36 minutos: Lucas foi lançado nas costas da defesa e deu um toque por cima do goleiro Gilson. Do outro lado da área, Rafael Coelho apareceu para completar para as redes e anotar seu décimo gol, isolando-se na artilharia da competição.

Na volta do intervalo, os dois técnicos deixaram claro sua estratégia: na Ponte, Pintado colocou o meia Juan Marchisio no lugar do volante Guilherme, enquanto Roberto Fernandes tirou o meia Fernandes para reforçar a marcação do Figueirense com o volante Massari.

O ritmo do jogo continuou igual. A Ponte com maior volume, com o Figueirense esperando a melhor chance para liquidar a fatura num contragolpe. Apenas a disposição da Ponte não foi suficiente para mudar o placar e conseguir, pelo menos, o empate.

Na próxima terça-feira, às 19h30, a Ponte Preta volta a campo para enfrentar o Vila Nova, de novo, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O Figueirense joga contra o Brasiliense, no mesmo dia e horário, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

Ficha técnica

Ponte Preta 0 x 1 Figueirense

Ponte Preta - Gilson; Edilson, Gum, Marinho e Vicente; Deda, Guilherme (Juan Marchisio), Wilian e Evando; Lins (Deivid) e Márcio Mexerica (Diego Sales). Técnico: Pintado.

Figueirense - Wilson; Lucas, Toninho, Régis e Edson; Carlinhos, Alê, Paulinho (João Felipe) e Fernandes (Massari); Vinícius Pacheco e Rafael Coelho (Ricardinho). Técnico: Roberto Fernandes.

Gol - Rafael Coelho, aos 36 minutos do primeiro tempo

Árbitro - Átila Carneiro Magalhães (MG)

Cartões amarelos - Deda e Vicente (Ponte Preta); Régis, Alê, Wilson e Massari (Figueirense)

Renda - R$ 27.756.00

Público - 3.279 pagantes

Local - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.