Site Oficial / Figueirense
Site Oficial / Figueirense

Figueirense vence Goiás e divide a liderança da Série B com o Fortaleza

Gols saem em duas falhas clamorosas da defesa do time goiano

Estadão Conteúdo

21 de abril de 2018 | 19h10

O Figueirense começa a dar mostras de que será forte concorrente na briga pelo acesso no Campeonato Brasileiro da Série B. O time catarinense aproveitou dois erros crassos da defesa do Goiás para vencer por 2 a 0, neste sábado, no Serra Dourada, em Goiânia. O duelo foi válido pela segunda rodada da competição.

+ Guarani supera o Sampaio Corrêa e vence a primeira na Série B

+ Na estreia de Geninho, Avaí empata com Brasil-RS e amplia jejum para nove jogos

Com este importante resultado, o Figueirense mantém os 100% de aproveitamento e lidera a competição ao lado do Fortaleza. Ambos somam seis pontos e três gols de saldo. Clube dono da segunda maior cota de transmissão da Série B - R$ 26 milhões contra R$ 35 milhões do Coritiba e R$ 6 milhões dos demais -, o Goiás segue sem vencer. Com duas derrotas em dois jogos, figura na zona de rebaixamento.

Os dois gols saíram em lances de pura infelicidade do Goiás. O primeiro aconteceu aos 18 minutos do primeiro tempo. O zagueiro Eduardo Brock tentou recuar uma bola para Marcelo Rangel, mas jogou nos pés de Jorge Henrique. O experiente ex-jogador de Corinthians e Botafogo só teve o trabalho de completar paras as redes.

Na segunda etapa, Jorge Henrique voltou a participar diretamente do segundo gol catarinense. Cobrou escanteio na área, os zagueiros Nogueira e Eduardo Bauermann subiram juntos, mas a bola bateu na cabeça do volante Madison e entrou contra a própria meta.

No próximo sábado, às 21 horas, o Goiás volta a campo para enfrentar o São Bento, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba. Enquanto isso, o Figueirense recebe o Boa, na sexta-feira, às 19h15, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.


FICHA TÉCNICA

GOIÁS 0 X 2 FIGUEIRENSE

GOIÁS - Marcelo Rangel; Alex Silva, David Duarte, Eduardo Brock e Breno; Madison (Thalles), Tiago Luís (Rafinha) e Pedro Bambu; Carlos Eduardo, Lucão (Jacó) e Michael. Técnico: Hélio dos Anjos.

FIGUEIRENSE - Dênis; Diego Renan, Nogueira, Eduardo Bauermann e Lazaroni; Zé Antônio, Betinho, Renan Mota (Felipe Amorim), Gustavo Ferrareis (Maikon Leite) e Jorge Henrique; Henan (Daniel Costa). Técnico: Milton Cruz.

GOLS - Jorge Henrique, aos 18 minutos do primeiro tempo. Madison, (contra), aos 3 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES).

CARTÕES AMARELOS - Alex Silva (Goiás); Guilherme Lazaroni e Zé Antônio (Figueirense).

RENDA - R$ 31.695,00.

PÚBLICO - 3.191 torcedores.

LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.