Figueirense vence Juventude por 2 a 1

Diante de uma equipe com disposição aparente de marcar e aproveitar suas chances nos contra-ataques, o Figueirense apresentou dificuldades, mas conseguiu se superar ao derrotar o Juventude, de virada, por 2 a 1, neste domingo, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. A equipe catarinense se manteve na 13ª posição na tabela do Campeonato, agora com 56 pontos, enquanto a equipe gaúcha continua em 18º lugar, com 47.Com certa facilidade para jogar, mas esbarrando na estratégica postura defensiva empregada pelo Juventude, o Figueirense se manteve praticamente todo o primeiro tempo no campo adversário. A mesma facilidade com que mantinha na criação de jogadas não representou ameaça concreta para a equipe gaúcha, que se fechou bem na defesa e em uma rara investida conseguiu êxito.Em jogada isolada, pelo lado direito, o Juventude saiu na frente aos 20 minutos, quando o meia Marcelo levantou na área para Raoni se antecipar ao zagueiro Márcio Goiano e cabecear para o fundo da rede. Três minutos depois foi a vez do Figueirense fazer o seu. Aproveitando-se de uma sobra de bola, o meia-esquerda Bilu arriscou de longe um belo chute, fazendo a bola parar no canto direito do goleiro Márcio Angonese. O gol de empate premiou a aparente superioridade do Figueirense na partida.Encolhido em sua defesa, o Juventude se manteve com dificuldade de ultrapassar o seu campo de defesa no decorrer do período. Ciente da estratégia gaúcha na partida, o Figueirense tratou de furar a retranca adversária desde os primeiros minutos do segundo tempo, sempre com toques rápidos e investidas pelas suas laterais para o aproveitamento aéreo, tanto dos atacantes, quanto de seus próprios homens de defesa. Alcançou sucesso somente no 29º minuto, quando o prata-da-casa Rodrigo virou o placar ao subir para desviar, de cabeça, o cruzamento da direita feito pelo meia William.Diante da vantagem, o Figueirense se manteve disposto a ampliar. O Juventude bem que tentou evitar a derrota, porém a incapacidade de seu ataque determinou a derrota merecida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.