Filha de Berlusconi é eleita para conselho do Milan

Barbara Berlusconi, filha do dono do Milan Silvio Berlusconi e suposta namorada do atacante brasileiro Alexandre Pato, foi eleita nesta quarta-feira para fazer parte do conselho diretor do time líder do Campeonato Italiano.

REUTERS

20 de abril de 2011 | 16h21

"É um sinal do contínuo interesse da família Berlusconi, que sempre esteve perto do clube e ofereceu apoio econômico", disse a jornalistas o presidente-executivo do Milan, Adriano Galliani.

"O fato de o irmão do presidente (Paolo) e uma de suas filhas estarem no conselho é um bom sinal que também deve ser bem recebido pelos torcedores como um ato de fé", acrescentou.

A torcida do Milan fez duras críticas a Berlusconi, que também é primeiro-ministro da Itália, pela falta de investimentos em contratações após a venda de Kaká para o Real Madrid em 2009.

No entanto, os protestos ficaram para trás após os reforços adquiridos para esta temporada, incluindo os atacantes Zlatan Ibrahimovic e Robinho, e a boa campanha da equipe na liga italiana.

Reportagens na mídia italiana há algum tempo afirmam que o Milan seria alvo de uma possível oferta de compra por parte de investidores árabes, mas Berlusconi negou qualquer interesse em vender o clube.

Barbada, de 26 anos, passou pelos diversos departamentos do clube ao longo do último ano para conhecer a organização e é alvo constante de reportagens da mídia por seu suposto relacionamento com Pato.

(Por Mark Meadows)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTITALIANOMILANBARBARA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.