John Sibley/Reuters
John Sibley/Reuters

Filho de ex-dono do Leicester promete dar sequência à 'grande missão' do pai

Aiyawatt diz que pretende manter o projeto que transformou o modesto clube inglês em campeão do Campeonato Inglês na temporada 2015/16

O Estado de S.Paulo

31 Outubro 2018 | 16h50

Em discurso nesta quarta-feira, o filho do ex-proprietário e presidente do Leicester City, da Inglaterra, Aiyawatt Srivaddhanaprabha, prometeu dar prosseguimento ao legado do pai, o tailandês Vichai Srivaddhanaprabha, morto em um acidente de helicóptero no último sábado no estacionamento do próprio estádio da equipe.

Aiyawatt disse que quer continuar com a "visão grande e os sonhos" de seu pai à frente do Leicester, clube modesto que contrariou a lógica e surpreendeu seus rivais milionários para conquistar o Campeonato Inglês na temporada 2015/2016.

"Dele, eu recebi uma grande missão e legado para eu seguir e é justamente o que eu pretendo fazer", prometeu Aiyawatt em discurso de homenagem ao seu pai, que morreu com outras quatro pessoas quando seu helicóptero perdeu o controle e caiu pouco depois de decolar do estádio do Leicester.

Vichai, um bilionário tailandês proprietário da empresa de varejo King Power, liderou o consórcio que comprou o Leicester em agosto de 2010 e forjou uma estreita ligação não só com o time de futebol, mas com a comunidade local.

Aiyawatt é o vice-presidente do clube e carrega a missão de manter esse laço com os torcedores e a população. "Nada o deixaria mais orgulhoso do que ver como a família Leicester City que ele construiu está se apoiando mutuamente em um momento de tamanha tristeza", afirmou Aiyawatt.

De luto, os jogadores do Leicester jogarão pela primeira vez desde que ocorreu o acidente no sábado, quando eles visitam o Cardiff para a partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Inglês. O elenco dispensará a viagem aérea e viajará de ônibus, em sensibilidade à morte de Vichai. O primeiro jogo após a tragédia seria contra o Southampton, nesta terça-feira, mas o duelo das oitavas de final da Copa da Liga Inglesa foi adiado.

A homenagem oficial a Vichai deve ser realizada em 10 de novembro, na partida seguinte do Campeonato Inglês diante do Burnley, em Leicester. Grupos de torcedores se reuniram nesta quarta-feira para discutir como homenagear o ex-presidente.

O grupo formado por 5 mil torcedores planeja marchar do centro da cidade de Leicester até o estádio antes do jogo. Na sede da equipe, uma coleção de flores, camisas e outros objetos estão sendo colocados pelos fãs em memória das vítimas que estavam dentro da aeronave.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.