Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Amr Abdallah Dalsh/Reuters
Amr Abdallah Dalsh/Reuters

Filho de Jesualdo Ferreira revela acordo do treinador português com o Santos

Em sua carreira, veterano de 73 anos teve passagens pelos três times grandes de seu país: Benfica, Sporting e Porto

Redação, Estadão Conteúdo

22 de dezembro de 2019 | 20h20

Eddie Ferrer, filho do treinador português Jesualdo Ferreira, revelou em uma rede social neste domingo que o seu pai será o comandante da equipe do Santos em 2020, em substituição a Jorge Sampaoli. O clube ainda não confirmou a contratação, mas é provável que o anúncio oficial seja feito em breve, ainda nesta segunda.

Nos últimos dias, o nome de Jesualdo Ferreira ganhou força na disputa pelo cargo deixado pelo argentino Jorge Sampaoli. E, neste domingo, o filho do técnico se antecipou ao publicar no Instagram a seguinte mensagem: "Campeão na Europa, na África e na Ásia, o próximo objetivo é o Brasil. Vamos, lenda!".

A mulher do técnico, Zulmira Ferreira, também usou a rede social em Portugal para "anunciar" a chegada do marido ao País: "Vejo vocês em breve", escreveu ela em uma postagem em que se via uma bandeira do Brasil. Aos 73 anos, Jesualdo Ferreira trabalha como treinador desde 1981, quando dirigiu o Rio Maior, pequeno clube português já extinto. Em sua carreira, o profissional teve passagens pelos três times grandes de seu país (Benfica, Sporting Lisboa e Porto) e trabalhou também em clubes da Espanha, da Grécia e do Egito, além de ter dirigido a seleção portuguesa sub-21 na década de 90.

O ponto mais alto de sua trajetória foi o tricampeonato português, conquistado no comando do Porto - 2006/2007, 2007/2008 e 2008/2009. O último trabalho do treinador foi no Al-Sadd, do Catar, clube que ele deixou no primeiro semestre deste ano. Em entrevista ao jornal português A Bola, chegou a dizer que estava pensando em encerrar a carreira, mas a chance de trabalhar no Santos o fez mudar de ideia.

Desde a saída de Sampaoli, o Santos busca um treinador estrangeiro para substituí-lo. A ideia inicial era contratar um outro argentino, mas as opções que o clube tinha mostraram-se inviáveis e a diretoria alvinegra, inspirada pelo grande sucesso de Jorge Jesus no Flamengo, decidiu buscar em Portugal o seu treinador para a próxima temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.