Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

Filho de Pelé, Edinho vira técnico do time de Três Corações

Clube é da cidade no Sul de Minas Gerais onde nasceu seu pai

Rene Moreira, especial para a AE, Estadão Conteúdo

12 de dezembro de 2016 | 19h37

Edson Cholbi do Nascimento, o "Edinho", filho de Pelé, foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira como novo técnico do Tricordiano. O clube é da cidade de Três Corações, no Sul de Minas Gerais, onde nasceu seu pai, o "Rei do Futebol".

No Tricordiano também jogou Dondinho, pai de Pelé e avô de Edinho. "É um orgulho muito grande representar minha família", disse o treinador ao entrar no estádio Elias Arbex, em Três Corações, para o começo da pré-temporada do clube.

Edinho teve duas experiências anteriores como técnico, tendo treinado antes apenas equipes paulistas, o Água Santa e o Mogi Mirim. A recepção ao novo treinador contou a presença de torcedores e funcionários do Tricordiano, famoso por ter lançado no futebol a família Nascimento e seu maior craque.

Por sinal, Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, foi nomeado presidente de honra do clube em outubro deste ano. Mas seu filho Edinho se emocionou mesmo ao lembrar de Dondinho. "É uma emoção vestir a mesma camisa que já foi do meu querido avô", falou.

Após a apresentação pela manhã, o Tricordiano já treinou com bola à tarde. Mas os treinamentos não acontecem no estádio, mas sim na Escola de Sargentos dar Armas (EsSA). O motivo é que o time foi punido e perdeu mandos de campo, devendo jogar duas rodadas do Estadual no estádio da vizinha cidade de Pouso Alegre (MG).

Edinho tem 46 anos e no passado enfrentou problemas com a Justiça. Como técnico atuou somente 13 jogos nos dois clubes pelos quais já ocupou a função. Entretanto, diz estar preparado para o novo desafio e cita que atuou como auxiliar-técnico no Santos por oito anos, o que teria sido uma grande aprendizagem. O Tricordiano disputa a primeira divisão do Campeonato Mineiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.