Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Filho de presidente da CBF perde eleição para vitalício no Palmeiras

Del Nero Filho não consegue quantidade mínima de votos para ser nomeado com o cargo dentro do Conselho Deliberativo

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

26 de setembro de 2017 | 07h30

O Conselho Deliberativo do Palmeiras elegeu na noite desta segunda-feira seis novos membros vitalícios para o órgão, em votação realizada entre os 234 membros presentes à reunião. O pleito teve entre os derrotados o filho do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, que na sua segunda tentativa não atingiu a quantia mínima necessária de apoio para fazer parte do grupo.

Del Nero Filho foi um dos 13 candidatos. Seis se elegeram. Para ser empossado como vitalício, era necessário ter 50% mais um voto dos presentes, conta que exigia o apoio de 118 pessoas. O filho do presidente da CBF teve 111 votos e assim como na tentativa anterior de ser vitalício, em março do ano passado, ficou abaixo da quantidade mínima para entrar para o grupo.

Dos seis novos vitalícios, o mais votado foi Paulo Roberto Buosi, que ocupa o cargo de diretor administrativo na gestão atual do presidente Mauricio Galiotte. Ele recebeu 163 votos. No Conselho do Palmeiras são 300 membros, dos quais 148 são vitalícios e os demais se dividem em mandatos de dois anos de duração. Apesar de a eleição desta segunda-feira ter à disposição 23 vagas para vitalícios, somente seis foram ocupadas devido ao não cumprimento do requisito de quantidade de votos a favor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.