Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Filho de Raniel, do Santos, apresenta melhora após ser internado na UTI

Com apenas nove meses, criança foi para o hospital após se afogar em uma piscina

Andreza Galdeano, Estadao Conteudo

26 de março de 2020 | 18h34

Felipe, filho do atacante Raniel, do Santos, está internado na UTI desde a última segunda-feira após se afogar em uma piscina. O quadro clínico da criança, de apenas nove meses de idade, evoluiu nesta quinta-feira. De acordo com a assessoria de imprensa do jogador, "os batimentos cardíacos estão normalizados".

Além dos batimentos, a nota afirma que a "saturação está em 100% e o cansaço não existe mais". A assessoria do atleta também agradeceu as mensagens de apoio que a família de Raniel está recebendo. "Sigam orando e desejando força para o caçula."

Aline, esposa de Raniel, usou as redes sociais para informar que a sedação do filho está sendo diminuída para que ele possa acordar. Ela também relatou que Felipe teve uma "noite excelente" e vem reagindo bem.

O Santos publicou uma nota desejando força para o atleta e seus familiares. "Felipe, filho do nosso atacante Raniel e de sua esposa Aline, sofreu um acidente doméstico e se encontra na UTI. Desejamos sua recuperação o mais rápido possível e convocamos, também, a nação santista a enviar energias positivas ao nosso atleta. Força, família. Estamos com vocês!".

Raniel está no Santos desde o fim do ano passado. O jogador defendeu o São Paulo em 2019 e chegou ao clube da Vila Belmiro como parte da negociação envolvendo o meia Vitor Bueno, que estava emprestado ao time tricolor. O São Paulo repassou os 50% dos direitos econômicos que detinha de Raniel - Cruzeiro continua com a outra metade - e recebeu 50% sobre Vitor Bueno dos 60% que os Santos possuía. O meia assinou um contrato até o final de 2023.

Tudo o que sabemos sobre:
RanielfutebolSantos Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.