Filme emociona jogadores da Seleção

O filme ?2 Filhos de Francisco? - que conta a trajetória da dupla sertaneja Zezé di Camargo e Luciano - foi aplaudido de pé ontem à noite após exibição na Granja Comary, local de concentração da Seleção Brasileira, que no domingo enfrenta o Chile e pode garantir sua vaga na Copa do Mundo de 2006. Exibido aos jogadores por sugestão do técnico Carlos Alberto Parreira, a sessão contou com a presença de Zezé di Camargo. Muitos jogadores e o coordenador-técnico Zagallo chegaram a chorar nas cenas finais.? Ver um homem desses ficar emocionado com o nosso filme é uma coisa boa demais!?, disse Zezé, que se transformou em atração entre os atletas. Por alguns minutos, as estrelas da Seleção viraram em tietes e se revezaram nos cumprimentos Zezé. O supervisor Americo Faria teve a idéia de uma foto oficial, que foi prontamente registrada, e em seguida os jogadores pediram para posar ao lado do cantor. Parreira fez questão de cumprimentá-lo e falou sobre o filme. ?Serve de exemplo para muita gente, para os jovens, é a história de determinação de pessoas que correram atrás de um sonho, e também da importância da família. Você está de parabéns?, disse Parreira a Zezé. O lateral Cafu - capitão da Seleção - foi um dos que se emocionaram com o filme. Muito por achar a história idêntica à sua. ? Fui criado também com muitas dificuldades, em uma família com sete irmãos, em uma casa pequena, muita coisa me lembrou a história da minha vida. Que é também a de muitos jogadores?, disse. Estimulado pelos companheiros, Júlio Baptista - que gosta de cantar - arriscou um dueto na música "É o Amor". Zezé diz que aprovou a interpretação.Após o filme, Zezé di Camargo, o diretor Breno Silveira, o produtor Pedro Buarque e o empresário do cantor, Rommel Marques, ficaram na Granja Comary para o lanche com os jogadores. Simples, muito atencioso, posando alegremente para fotos com os funcionários da Granja, Zezé di Camargo passou quase duas horas no refeitório conversando com os jogadores. Ganhou de presente uma camisa da Seleção autografada - o supervisor Americo Faria providenciou outra para ser entregue a Luciano, que não foi à Teresópolis. Para cumprir compromisso assumido anteriormente pela dupla, ele esteve no programa da apresentadora Hebe Camargo, em São Paulo.Zezé di Camargo deixou a Granja Comary às 23h30, com as duas camisas da Seleção nas mãos, orgulhoso. ? Vou botar em um quadro. Vai virar troféu lá em casa?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.