Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Fim do clássico tem confusão no vestiário da Arena Corinthians

São-paulinos discutem com membros da comissão técnica corintiana após a classificação alvinegra

Daniel Batista e Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

29 de março de 2018 | 00h46

Jogadores do São Paulo discutiram com membros da comissão técnica do Corinthians na saída do jogo após a derrota nos pênaltis na arena em Itaquera, pelas semifinais do Campeonato Paulista. O lateral-direito Militão, o lateral-esquerdo Reinaldo e outros jogadores do São Paulo se desentenderam com o preparador de goleiros alvinegro Mauri Lima.

+ TEMPO REAL - Saiba como foi a partida que classificou o Corinthians

+ Emerson Sheik provoca Aguirre após classificação do Corinthians

As discussões aumentavam de tom, mas rapidamente atletas e membros da comissão técnica foram contidos pelos colegas. Nenhum jogador do São Paulo falou com a imprensa na saída do gramado. Cabisbaixos, eles foram direto para o vestiário depois da eliminação.

Apesar da frustração pela queda na semifinal do Estadual, no terceiro jogo do São Paulo com Diego Aguirre no banco de reservas, a equipe mostrou em campo a postura defendida pelo novo treinador. No entanto, a eliminação abateu os jogadores.

+ Antero Greco - Vida dura a do São Paulo…

"A gente queria a vaga. Esse é o espírito, resgatar esse São Paulo e dar orgulho pro torcedor. Mas não tem como sair de cabeça erguida com derrota, não. Estou chateado", disse o goleiro Sidão.

O São Paulo volta a campo na próxima quarta-feira, contra o Atlético-PR, em Curitiba, pela quarta fase da Copa do Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.