Fundação Casa
Fundação Casa

Final da Copa da Fundação CASA será preliminar de jogo do Santos no Pacaembu

Adolescentes das unidades de Peruíbe e Lorena vão se enfrentar partir das 17 horas desta sexta-feira

Redação, Estadão Conteúdo

14 de março de 2019 | 11h38

O torcedor que chegar mais cedo ao Pacaembu para acompanhar o duelo entre Santos e Novorizontino, sexta-feira, pelo Campeonato Paulista, poderá acompanhar uma outra atração. A partir das 17 horas, o estádio será palco da final da Copa de Futebol da Fundação CASA entre os adolescentes das unidades de Peruíbe e Lorena.

Os times que disputam o torneio são formados por adolescentes que cumprem medida socioeducativa de internação nas unidades da Fundação CASA. Desde o seu início, foram um total de 80 equipes formadas entre as 145 unidades da Fundação espalhadas pelo Estado. No total, 1.200 adolescentes que cumprem medida socioeducativa participaram da competição.

"O futebol é muito democrático e possibilita que os adolescentes joguem num grande estádio como o Pacaembu. Por isso o esporte deve ser incentivado, para que agregue valor à vida desses meninos e eles possam ter experiências novas e sigam novos rumos em suas vidas", disse o secretário da Justiça e presidente da Fundação CASA, Paulo Dimas Mascaretti.

O campeonato foi dividido em três etapas. Na primeira, jovens, representando os centros socioeducativos onde estão internados, jogaram com as equipes da mesma divisão regional. O time vencedor passou pela classificatória estadual, a segunda fase. Nela, a partir de critérios definidos pela Gerência de Educação Física e Esporte (Gefesp), da Fundação, selecionam-se os quatro melhores times para a terceira e última etapa, a estadual.

A equipe da Fundação CASA Peruíbe, representante da Divisão Regional Litoral, se classificou à final ao vencer o time de Franca por 3 a 1. Já a equipe de Lorena, da Divisão Regional Vale do Paraíba, passou nos pênaltis pelo time da unidade Santo André II.

"Será uma disputa justa, pois os dois times têm um excelente nível técnico. Promete ser uma partida emocionante", comentou Zé Maria, campeão pela seleção brasileira na Copa do Mundo de 1970 e ex-jogador do Corinthians, hoje assistente de Direção na Fundação CASA.

Mais conteúdo sobre:
futebolSantos Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.