Divulgação/UEFA
Divulgação/UEFA

Final da Liga dos Campeões será transmitida no metrô de São Paulo e na praia de Copacabana

Patrocinadora Heineken também vai realizar evento no ginásio do Pacaembu para Tottenham x Liverpool

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

29 de maio de 2019 | 04h30

A final da Liga dos Campeões entre Tottenham e Liverpool, sábado, às 16 horas, será transmitida em locais inusitados no Brasil, entre eles, a estação Paraíso do Metrô, em São Paulo, a praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, e o Centro Comercial Boulevard, em Brasília.

A transmissão será realizada em pontos de mídia informativos já existentes e que veiculam, por exemplo, informações sobre tempo, temperatura e anúncios publicitários. Ao todo serão 28 pontos espalhados pelas três cidades brasileiras que devem alcançar 500 mil espectadores. A final não terá transmissão pela TV aberta.

A veiculação será realizada pela marca Heineken, patrocinadora da Liga dos Campeões pelo 14º ano seguido, que vai utilizar a plataforma de vídeo Watch, do Facebook. A parceria já havia sido utilizada nas quartas de final do torneio, quando a patrocinadora criou uma plataforma digital, a Heineken TV, para transmitir as partidas também pela rede social.

“Com esta ação por meio de pontos out-of-home queremos levar a emoção de Liverpool x Tottenham para lugares inusitados, mostrando a aura inovadora da Heineken", afirmou Vanessa Brandão, diretora de marcas premium da Heineken no Brasil.

Além da transmissão em lugares inusitados, a marca vai promover um evento no ginásio do Pacaembu, em São Paulo, com um telão com duas faces de 26 x 4 metros. São aguardadas 1800 pessoas no evento que também vai oferecer shows e uma apresentação da Orquestra Jabaquara no intervalo da partida.

Após a decisão do maior torneio de clubes do mundo, o duo Tropkillaz e o coletivo de meninas De Polainas vão comandar a festa marcada pela música eletrônica. O espaço gastronômico terá pratos assinados pelo chef Jefferson Rueda.

Telão no Parque Villa-Lobos

A Lay's, outra marca patrocinadora do evento, escolheu o Parque Villa-Lobos, em São Paulo, para montar uma espécie de parque de diversões. Em parceria com a Turner, a marca instalará dois telões para o público. Além disso, haverá uma série de estações, como pebolim humano, chute com radar de velocidade, futmesa, etc. O espaço terá a presença do grupo do canal de YouTube Desimpedidos, patrocinado pela marca.

Pelo oitavo ano consecutivo, a final do torneio também será exibida em salas de cinema de todo o país. Serão 189 salas, que vão transmitir o jogo por meio da tecnologia Cinelive, em redes como Cinemark, Cinépolis, Kinoplex e UCI.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.