Final do Interclubes pode ter 2 jogos

A final da Copa Intercontinental, a ser disputada no final deste ano entre o Boca Juniors (campeão sul-americano) e o Bayern de Munique (campeão europeu) pode não ser realizada Tóquio. Segundo o diário alemão "Sueddeutsche Zeitung", a final deverá voltar a seu formato original e ser decidida em dois jogos - neste caso, um em Buenos Aires e outro em Munique. A mudança estaria relacionada com a quebra da ISL - a empresa de marketing esportivo que participava da organização do evento - e se daria por pressão do Bayern. Segundo estimativas feitas pelos dirigentes alemães, uma final em dois jogos poderia gerar uma venda de ingressos cinco vezes maior, já que os clubes poderiam comercializar a partida por sua própria conta.Cada finalista tem assegurado US$ 300 mil pela participação, mais os direitos de transmissão dos jogos. A questão é que o horário não seria bom para nenhum dos dois continentes, inibindo o interesse de empresas patrocinadoras. "A empresa quer manter a final no Japão, mas a direção do Bayern é claramente a favor de uma final em dois jogos?, disse o secretário-geral do clube alemão, Uli Hoeness.Segundo o jornal, o primeiro jogo seria realizado no dia 7 ou 8 de novembro em Buenos Aires e a volta estaria marcada para o dia 27 em Munique.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.