Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Finalistas da Copa São Paulo de Futebol Júnior saem nesta sexta-feira

Corinthians x Cruzeiro e Flamengo x América-MG são os jogos

O Estado de S.Paulo

22 Janeiro 2016 | 02h03

Os finalistas da 47.ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior serão definidos nesta sexta-feira, quando acontecem os dois jogos das semifinais. De um lado estarão os dois times de maior torcida do país, Corinthians e Flamengo. Eles enfrentam dois representantes de Minas Gerais, Cruzeiro e América-MG, respectivamente, em busca da vaga na final, marcada para a próxima segunda-feira, no estádio do Pacaembu.

Em busca de sua 17.ª decisão e do 10.º título, o maior campeão do torneio Corinthians encara o Cruzeiro, a partir das 19h30, no estádio Itaquerão, em São Paulo. Atual vencedor, o time paulista tenta comprovar a sua hegemonia contra os mineiros, que levantaram a taça apenas uma vez, em 2007.

Para chegar até a semifinal, o Corinthians fez uma campanha impecável. É o único time com 100% de aproveitamento. Na primeira fase, superou Bragantino-SP, Botafogo-PB e Internacional-SP. No mata-mata, deixou para trás Paysandu-PA, Guarani-SP, Internacional-RS e Ituano-SP. O único time que não goleou nas fases eliminatórias foi o clube de Campinas.

Por outro lado, o Cruzeiro também chega invicto, mas com um empate durante o percurso. Na fase de grupos, bateu Comercial-SP, Vitória da Conquista-BA e Marília-SP. Depois, eliminou Noroeste-SP, Marília, Ceará e Sport, mas superou os marilienses apenas nas penalidades.

EM BARUERI

No outro confronto, o Flamengo joga contra o América-MG, às 21h45, na Arena Barueri. Os cariocas, campeões em 1990 e 2011, fizeram uma campanha semelhante à do Cruzeiro, com seis vitórias e um empate. O clube mineiro, que já levantou a taça do torneio em 1996, teve uma campanha mais modesta, com três vitórias, três empates e uma derrota.

O Flamengo contou com 100% de aproveitamento na primeira fase. Venceu Red Bull Brasil-SP, Palmeira de Goianinha-RN e União Mogi-SP. No mata-mata, passou por Brasília-DF, Red Bull Brasil, Bahia-BA nos pênaltis, e São Paulo.

O América-MG é o único dos semifinalistas que não está invicto e que passou como segundo colocado na fase de grupos. O clube bateu São Caetano-SP e Pérolas Negras-HAI, mas perdeu do Juventus-SP. No mata-mata, superou Vasco-RJ, Juventus, Palmeiras e Bahia. Vascaínos, palmeirenses e baianos foram eliminados somente nos pênaltis.

A Federação Paulista de Futebol (FPF) decidiu apostar na segurança do estádio Itaquerão e da Arena Barueri para os duelos das semifinais. Tudo por conta dos incidentes envolvendo a torcida do São Paulo na goleada sobre Rondonópolis-MT por 4 a 0, na quarta fase. Na oportunidade, membros de uma torcida organizada são-paulina entraram em conflito com a Guarda Municipal e a Polícia Militar. O jogo entre Corinthians e Cruzeiro, inclusive, contará com cobrança de ingressos.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.