Finazzi quer a artilharia e já fala em seguir na Ponte Preta

Novamente na ponta da artilharia do Campeonato Paulista, o atacante Finazzi, da Ponte Preta, voltou a manifestar seu desejo de continuar no clube, pelo menos, até o final da temporada. Com 10 gols no atual Campeonato Paulista, ele divide a ponta com Somália, do São Caetano, mas espera se manter na competição e chegar na frente desta disputa.?Acho que uma coisa puxa a outra. Se a Ponte disputar a semifinal ou o título do interior, eu terei chances de marcar mais gols. O mais importante, porém, é o time avançar no campeonato?, explicou Finazzi, que já foi artilheiro do Paulistão em 2005, quando marcou 17 gols pelo América, de São José do Rio Preto.Aos 33 anos, o atacante espera renovar seu contrato até o final do ano, uma vez que o atual acaba após o Paulistão. A sua família está satisfeita na cidade, onde ele conta com muitos amigos. ?Me sinto em casa. Só vou sair daqui se realmente tiver uma proposta tentadora de algum outro clube ou, principalmente, do exterior?, concluiu.Depois de marcar dois gols na vitória sobre o Paulista, por 3 a 1, ele espera também balançar as redes diante do Santos, neste domingo, pela 17.ª rodada. O técnico Nelsinho Baptista começa a pensar na formação ideal para manter o time em ascensão. Ele não terá o meia Héverton, suspenso com três cartões amarelos, e que pode ser substituído por Castor.Por outro lado, o treinador aguarda posição do departamento médico sobre as condições dos volantes Dionísio e João Marcos, além do lateral-esquerdo Fernando. Com 26 pontos, em sétimo lugar, o time campineiro ainda sonha em chegar às semifinais, embora saiba que pode ficar para a disputa do título do interior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.