Finazzi treina e acaba com boatos

O centroavante Finazzi voltou aos treinamentos nesta sexta-feira e pôs fim à polêmica causada pela sua ausência na primeira partida da decisão da Copa do Brasil, contra o Fluminense, na última quarta-feira, vencida pelo time de Jundiaí por 2 a 0. Ele reapareceu à tarde e trabalhou normalmente com os demais jogadores que não atuaram diante dos cariocas. A hipótese oficial, passada pelo clube e confirmada por seu procurador, Wilson Resende, é de que o atacante ainda sente dores de uma entorse no tornozelo esquerdo e, por isso, não jogou contra o Fluminense. Pelo mesmo motivo, ainda segundo Resende, Finazzi está fora do confronto deste sábado, pela Série B do Brasileiro, contra o Avaí. No entanto, seu procurador confirmou haver algumas pendências financeiras entre o jogador e o clube, mas que devem ser resolvidas no início da próxima semana. Foi cogitada a possibilidade de que o atacante teria se desentendido com a diretoria e também estaria insatisfeito por ter sido colocado no time reserva em um dos treinamentos. O técnico Vágner Mancini, entretanto, negou o fato. Wilson Resende acredita que há chances de Finazzi atuar na partida de volta da decisão. "Vai depender de sua condição física, afinal de contas ele está sem treinar há quase uma semana", explicou. O time já está concentrado na cidade de Jundiaí para o jogo contra o Avaí, às 16 horas. O regime de concentração iniciado na noite desta sexta-feira vai até o dia 22, data da decisão contra o Fluminense, no Rio de Janeiro. Após o confronto pela Série B, o elenco volta a se reunir na cidade de Itu, em um complexo esportivo, onde fica até terça-feira, véspera da decisão em São Januário, no Rio de Janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.