Isabella Bonotto/AFP
Isabella Bonotto/AFP

Fiorentina faz 7 a 1 na Roma e vai às semifinais da Copa da Itália

Equipe espera o vencedor do confronto entre Juventus e Atalanta na próxima fase da competição

Redação, Estadão Conteúdo

30 Janeiro 2019 | 17h53

A Fiorentina foi impiedosa nesta quarta-feira e despachou a Roma nas quartas de final da Copa da Itália com uma goleada humilhante. A equipe recebeu o adversário em Florença e não teve qualquer dificuldade para atropelar por 7 a 1, se juntando ao Milan como semifinalistas já definidos do torneio.

Apesar das boas campanhas recentes nas últimas temporadas, a Roma havia levado pelo menos sete gols em uma partida há apenas pouco mais de quatro anos. No dia 21 de outubro de 2014, foi atropelada pelo Bayern de Munique também por 7 a 1, em casa, pela Liga dos Campeões.

Já a Fiorentina viveu dia memorável, com atuações inspiradíssimas dos jovens atacantes Federico Chiesa e Giovanni Simeone. Chiesa foi responsável por marcar os dois primeiros gols da partida: aos seis minutos, aproveitando cruzamento da esquerda de Mirallas, e aos 17, em contra-ataque após outra ótima assistência de Mirallas.

A Roma ainda diminuiu aos 27, em chute forte de fora da área de Kolarov, mas Muriel ampliou para a Fiorentina aos 32 e deu ótima assistência para Benassi transformar a vitória em goleada aos 20 do segundo tempo.

A situação da Roma ficou ainda pior aos 25, quando Dzeko foi expulso. Em grande dia, Chiesa marcou seu terceiro três minutos mais tarde. Começou a aparecer, então, a estrela de Simeone, que aproveitou ótimo passe do brasileiro Gerson para ampliar aos 33. E aos 43, o próprio argentino selou o resultado.

Agora, a Fiorentina espera o vencedor do confronto entre Atalanta e Juventus, ainda nesta quarta, para conhecer seu próximo adversário. A Roma, por sua vez, tenta se recuperar diante do Milan no domingo, em casa, pelo Campeonato Italiano.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.