AFP
AFP

Fiorentina demite técnico por impasse contratual

Vincenzo Montella buscava tirar uma cláusula do contrato

Estadão Conteúdo

08 de junho de 2015 | 16h41

A mudança de técnicos, cada vez mais comum no futebol mundial, fez mas uma vítima nesta segunda-feira, na Fiorentina, mas não pelos motivos usuais. Quarto colocado no último Campeonato Italiano e com vaga garantida na próxima Liga Europa, Vincenzo Montella foi dispensado pelo clube por conta não dos insucessos em campo, mas sim de um impasse contratual.

A própria Fiorentina anunciou a decisão nesta segunda e, sem entrar em detalhes, revelou que o motivo foi uma cláusula que Montella estaria tentando tirar de seu contrato. O clube admitiu que a briga jurídica deixou o treinador sem ambiente e, por isso, decidiu liberá-lo.

"A Fiorentina levou em consideração o comportamento mostrado ultimamente pelo próprio treinador, como sua precisa vontade de liberar-se de um contrato legitimamente firmado há menos de dois anos, porque contém uma cláusula que o técnico agora não considera de seu interesse, mas que concordou (inicialmente)", argumentou o clube em comunicado.

Montella chegou à Fiorentina para a temporada 2012/2013 e o bom início de trabalho fez o clube renovar seu contrato em agosto de 2013. O treinador vinha mantendo o sucesso com a equipe, mas, segundo os dirigentes, o recente entrevero abalou a confiança na relação entre eles.

"Com grande pesar, devemos pensar no fato de que a relação de confiança caiu para a continuidade de qualquer tipo de vínculo e, por isso, nos vemos obrigado a destituir Vincenzo Montella", apontou o clube. "Esperávamos do treinador um comportamento mais claro, mais respeitoso e menos ambíguo com a camisa, os torcedores e a sociedade que tanto lhe deu."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.