Maurizio Degl'Innocenti/EFE
Maurizio Degl'Innocenti/EFE

Fiorentina supera Udinese em casa e brigará por título da Copa da Itália

Equipe ganha por 2 a 0, avança e aguarda vencedor da partida entre Roma e Napoli

AE, Agência Estado

11 de fevereiro de 2014 | 20h37

FLORENÇA - De nada adiantou a legião brasileira que a Udinese tem em seu elenco. Depois de vencer o jogo de ida por 2 a 1 e se aproximar de voltar à final da Copa da Itália depois de 88 anos, o time de Údine sucumbiu à Fiorentina nesta terça-feira, por 2 a 0, em Florença, e será o time viola quem disputará a final da competição.

O adversário da decisão no dia 3 de março, no Estádio Olímpico de Roma, sai do duelo entre a Roma e o Napoli. Na ida, na capital, o time da casa venceu por 3 a 2. O Napoli, nesta quarta, joga no San Paolo por uma vitória simples.

Seis vezes campeã da Copa da Itália, a última delas em 2000/2001, a Fiorentina começou a construir o resultado aos 14 minutos de jogo. Após lançamento longo, Joaquín ajeitou de cabeça para trás e Pasqual chegou chutando forte, no ângulo, sem qualquer reação do goleiro Scuffet.

Com o brasileiro Neto bem no gol e Anderson fazendo companhia a Mario Gómez, no banco, a Fiorentina chegou ao segundo gol aos 16 do segundo tempo. Na jogada, o colombiano limpou o lance na entrada da área e bateu forte para ampliar.

Com Danilo, Gabriel Silva e Allan entre os titulares, Naldo Jadson e Maicosuel no banco, a Udinese se desesperou em busca de um gol que deixaria o confronto igual no placar combinado. Com os ânimos à flor da pele, Domizzi e Agyemang-Badu foram expulsos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.