Maurizio Brambatti/EFE
Maurizio Brambatti/EFE

Fiorentina vai à semi da Copa da Itália com gols de Mario Gomez

Atual vice-campeã do torneio, time da Toscana se valeu do faro de gol do artilheiro alemão para superar a Roma no Estádio Olímpico

Estadão Conteúdo

03 de fevereiro de 2015 | 20h05

A Fiorentina se aproveitou bem nesta terça-feira da má fase que passa a Roma atualmente. Em pleno estádio Olímpico, na capital italiana, a equipe de Florença derrotou a rival por 2 a 0 e avançou às semifinais da Copa da Itália. A atual vice-campeã da competição contou com o faro de artilheiro do alemão Mario Gomez, autor dos dois gols do time - ambos no segundo tempo.

O adversário da Fiorentina nas semifinais, única fase da Copa da Itália em que há jogos de ida e volta, será a Juventus, que na semana passada havia derrotado o Parma por 1 a 0, como visitante. Por sorteio, a equipe de Florença terá a vantagem de decidir uma vaga na decisão em seu estádio, no dia 8 de abril. A partida de ida, na Arena Juventus, em Turim, será em 4 de março.

Em campo, a Fiorentina mostrou tranquilidade para enfrentar a Roma, que é a atual vice-líder do Campeonato Italiano, mas que vive uma má fase - nas últimas rodadas, o time romano deixou a líder Juventus se distanciar e permitiu uma perigosa aproximação do terceiro colocado Napoli na tabela de classificação.

Após segurar uma pressão inicial da Roma, a Fiorentina se armou bem para jogar nos contra-ataques e a tática deu certo. No segundo tempo, aos 20 minutos, o lateral-esquerdo Milan Badelj avançou pela ponta e cruzou rasteiro para a pequena área. Mario Gomez se antecipou à zaga e ao goleiro da Roma e com um leve toque fez o gol. Depois, aos 44, o alemão recebeu dentro da área, fez o giro no marcador e chutou forte para decretar a vitória de seu time.

No outro lado da chave, a Lazio já está classificada depois de ter vencido o Milan por 1 a 0, na semana passada, em Milão. O adversário sairá do confronto entre Napoli e Internazionale, que se enfrentam nesta quarta-feira, no estádio San Paolo, em Nápoles.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.