Rodrigo Gazzanel/ Agência Corinthians
Rodrigo Gazzanel/ Agência Corinthians

'Fiquei muito feliz pelo desempenho', diz Jair Ventura após empate em Minas

Equipe alvinegra ficou no empate por 0 a 0 com o América-MG neste sábado

Estadao Conteudo

29 de setembro de 2018 | 22h42

Apesar de o Corinthians não ter conseguido traduzir as chances ofensivas que criou em gols na noite deste sábado, no estádio Independência, em Belo Horizonte, o técnico Jair Ventura evitou lamentar o empate por 0 a 0 com o América-MG no confronto válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Pelos números, foi o nosso melhor primeiro tempo do ano. Tudo muito bom, mas não fizemos o gol. Fiquei muito feliz pelo desempenho. Você conseguir ter controle total do jogo, igual tivemos hoje, é difícil. Lembrando que viemos de um jogo com desgaste emocional muito grande", afirmou o comandante, em entrevista coletiva, se referindo ao duelo no qual o time corintiano derrotou o Flamengo por 2 a 1, na última quarta-feira, em São Paulo, e garantiu classificação à final da Copa do Brasil.

O comandante também destacou o fato de que levou a campo uma equipe cheia de jovens jogadores, sendo que o time atuou desfalcado de vários titulares. "Começamos com seis meninos com menos de 23 anos e eles deram conta do recado. O desempenho foi muito bom. A gente sai feliz. A gente foi tão bem que até nas transições (ofensivas) do América sofremos pouco. Faltou um pouquinho de paciência no terço final", reforçou.

O fato de o Corinthians ter ficado os primeiros 70 minutos de partida sem cometer nenhuma falta, coisa rara em uma partida, foi outro tema abordado pelo treinador. "Dado muito interessante. Não me lembro de passar tanto tempo assim (com uma equipe) sem marcar uma falta. Mostra que o Corinthians veio para jogar futebol. É um dado interessante, mas não lembro. O Corinthians veio para cá para ganhar o jogo, por isso tivemos o domínio da partida", analisou.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.