Lluis Gene/ AFP
Lluis Gene/ AFP

Firmino e Gabriel Jesus são brasileiros que possuem mais valor de mercado na Europa, segundo estudo

Ambos aparecem na 11º e 13º colocação dos 100 mais valiosos das cinco principais ligas europeias 

Raul Vitor, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

09 de junho de 2020 | 07h00

O Observatório do Futebol CIES divulgou, nesta segunda-feira (08), um estudo que apresenta os 100 jogadores mais valiosos das cinco grandes ligas europeias. Roberto Firmino e Gabriel Jesus são os brasileiros mais bem colocados, na 11º e na 13º colocação, respectivamente.

Firmino, do Liverpool, possui valor de transferência avaliado em 118,5 milhões de euros (R$ 665,5 milhões), enquanto Jesus, do Manchester City, em 113,1 milhões de euros (R$ 629,1 milhões).

Os três jogadores mais bem avaliados são, Mbappé, do PSG, que tem valor estimado em 259,2 milhões de euros (R$ 1,4 bilhão); Sterling, do Manchester City, avaliado em 194,7 milhões de euros (R$ 1,09 bilhão) e Sancho, do Borussia Dortmund, com cifras nas casas dos 179,1 milhões de euros (R$ 1 bilhão). Primeiro, segundo e terceiro colocados, respectivamente.

O restante da lista contempla outros 10 brasileiros, são eles: Richarlison, em 26º; Marquinhos, em 32º; Ederson, em 33º, Alisson, em 34º; Neymar, em 37º, Rodrygo, em 38º, Philippe Coutinho, em 47º; Arthur, em 53º; Casemiro, em 67º e, por fim, Militão, em 71º.

Chama atenção a diferença de posição entre Messi e Cristiano Ronaldo, os jogadores que mais possuem  prêmios da Bola de Ouro. O argentino aparece na 22º colocação, avaliado em e 100,1 milhões de euros (R$ 562,2 milhões). Cristiano Ronaldo, por sua vez, se encontra no 70º lugar, com preço estimado em 62,8 milhões de euros (R$ 352,7 milhões).

Todas as avaliações levam em consideração os impactos da pandemia do novo coronavírus (covid-19) no mercado da bola. Mesmo assim, Mbappé se mantém como o único jogador a ultrapassar a barreira dos 200 milhões de euros. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.