Reuters
Reuters

Firmino festeja histórico título antecipado do Liverpool: 'Brilhante e merecido'

'Estou feliz demais, realizado mesmo. Lutamos por este título há muito tempo', diz o brasileiro

Redação, Estadão Conteúdo

25 de junho de 2020 | 19h07

O atacante Roberto Firmino não precisou entrar em campo, nesta quinta-feira, para festejar o título inglês do Liverpool, conquistado após a derrota do Manchester City, por 2 a 1, diante do Chelsea, em Londres, pela 31.ª rodada. Um dia antes, o time do atacante da seleção brasileira havia derrotado o Crystal Palace por 4 a 0, abrindo vantagem de 23 pontos para o segundo colocado City, que foi mantida com o revés da equipe comandada por Pep Guardiola.

Como agora faltam apenas sete rodadas para o fim do campeonato, o Liverpool não pode mais ser alcançado. A conquista, inclusive, é a mais precoce da história do futebol inglês. Em outras quatro oportunidades a disputa pela taça acabou com cinco jogos a serem realizados: Manchester United (1907/1908 e 2000/2001), Everton (1984/1985) e City (2017/2018).

"Estou feliz demais, realizado mesmo. Lutamos por este título há muito tempo, que escapou por um ponto na última temporada. Agora ele veio de forma brilhante e merecida, para coroar esta geração do Liverpool, comandada por um treinador fantástico. A gente esperava por esse dia e ele chegou. Pena que com os portões fechados, sem a festa que nossos torcedores merecem", disse o jogador brasileiro.

Firmino lembrou o fato de o Liverpool conquistar pela primeira vez um título na era da Premier League, criada em 1992. "O Liverpool ainda não tinha conquistado o título inglês na era da liga mais forte do futebol mundial. E o torcedor esperava ansioso por esse momento. E essa conquista é deles, que nos empurram de uma forma impressionante, principalmente no Anfield. 'You'll Never Walk Alone' (Você nunca vai caminhar sozinho, em inglês) é de arrepiar, mexe até com os adversários. Embalou mais um título, o que faltava."

O título inglês coroa uma campanha vitoriosa do time do técnico Jürgen Klopp, campeão ano passado da Liga dos Campeões e do Mundial de Clubes. E o desempenho do time foi praticamente perfeito, com a conquista de 86 pontos em 93 possíveis - são 28 triunfos, dois empates e apenas uma derrota.

Firmino, aliás, participou de todos os 31 jogos do time até agora no Inglês, tendo marcado oito gols. Além dele, os outros brasileiros do elenco, Alisson e Fabinho, atuaram 22 vezes, cada, com o polivalente meio-campista tendo feito dois gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.