Facundo Arrizabalaga/EFE
Facundo Arrizabalaga/EFE

Firmino marca no fim e Liverpool vence o Crystal Palace; Arsenal só empata

Com o resultado, comandados de Jurgen Klopp ostentam campanha quase perfeita de 12 vitórias e apenas um empate

Redação, Estadão Conteúdo

23 de novembro de 2019 | 14h58

O Liverpool tem tido bons resultado mesmo quando as coisas não vão tão bem. Neste sábado, o time de Jürgen Klopp não teve uma boa apresentação e foi dominado pelo Crystal Palace em parte do jogo. Mesmo assim, o líder do Campeonato Inglês venceu por 2 a 1, fora de casa, no Selhurst Park.

Ostentando uma campanha praticamente perfeita, com 12 vitórias e um empate, o Liverpool, único time invicto ainda no torneio, completou 30 jogos de invencibilidade no torneio nacional, considerando também a última edição. Agora, soma 37 pontos e abriu oito de vantagem para o vice-líder Leicester City, que também venceu. O Crystal Palace tem 15 pontos e ocupa o 13º posto.

Depois de ser dominado no primeiro tempo, etapa em que a equipe mandante acertou o travessão e até chegou a balançar as redes - o gol, no entanto, foi invalidado após revisão no árbitro de vídeo, que apontou falta de Ayew em Lovren -, o Liverpool acordou após o intervalo e contou com as participações fundamentais de Sadio Mané e Roberto Firmino para chegar à vitória.

O senegalês abriu o placar aos três minutos. Firmino começou a jogada, acionando Robertson na esquerda. O lateral cruzou para o atacante, que dominou na coxa e bateu de esquerda. A bola desviou no meio do caminho e ainda tocou nas duas traves antes de entrar.

O Crystal Palace foi valente e seguiu atacando o atual campeão europeu. O problema é que a pontaria não estava tão calibrada. Milivojevic, Schlupp e Benteke tiveram chances para empatar, mas não o fizeram. Quem fez foi Zaha. Aos 37 minutos, o atacante marfinense recebeu dentro da área e bateu cruzado, premiando a atuação corajosa dos donos da casa.

Entretanto, o competente Liverpool não tem dado brechas nesta temporada e tem se acostumado a vencer mesmo quando não parece merecer. O gol do triunfo foi marcado por Firmino, aos 40 minutos. O brasileiro aproveitou bate-rebate dentro da pequena área e estufou as redes. O gol foi um prêmio para o jogador, que completou 150 partidas na liga inglesa, todas pela sua atual equipe.

OUTRO TROPEÇO

O Arsenal tropeçou mais uma vez nesta temporada e completou cinco jogos sem vitória. Desta vez, só empatou em 2 a 2 em casa com o Southampton. O resultado poderia ter sido pior, visto que o time londrino perdia o jogo até os 49 minutos da etapa final, quando o francês Lacazette salvou a equipe.

Lacazette também anotou o primeiro gol do time treinado pelo espanhol Unai Emery, que é só o oitavo colocado, com 17 pontos, distante da zona de classificação à próxima edição da Liga dos Campeões.

Ao contrário do Arsenal, quem vive grande fase na temporada é o Leicester. A equipe de Brendan Rodgers derrotou o Brighton fora de casa por 2 a 0 e engatou o quinto triunfo consecutivo, que o manteve na vice-liderança, com 29 pontos. O espanhol Ayoze Perez fez o primeiro e o veterano James Vardy decretou o resultado.

Nos outros duelos já encerrados neste sábado, o Wolverhampton derrotou o Bournemouth fora de seus domínios por 2 a 1, e o Everton, uma das decepções da competição, levou 2 a 0 dentro de casa do Norwich, que antes da partida amargava a lanterna. O último colocado agora é o Watford, que foi superado por 3 a 0 pelo Burnley.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.