Fisioterapeuta do Palmeiras garante volta de Marcos

Goleiro sofre com várias contusões há mais de dois anos; Filé diz que não há jogador 'irrecuperável'

Robson Morelli, Jornal da Tarde

06 de janeiro de 2008 | 09h52

A comissão técnica do Palmeiras está afinada. Se Luxemburgo quer o goleiro Marcos no time, o fisioterapeuta Nilton Petroni, o Filé, disse no dia se sua apresentação na Academia da Barra Funda que o goleiro vai recuperar 100% de sua condição física.   Marcos sofre há quase dois anos com uma série de lesões que o tem deixado fora de combate. Do banco ou mesmo da arquibancada, viu Diego Cavalieri tomar-lhe a posição e cair nas graças do torcedor. "Não há jogador irrecuperável", disse Filé, aumentando as esperanças de Marcos de voltar a atuar no time palmeirense. O jogador não sente mais dores, mas ainda requer cuidados.   "O Marcos é ídolo do clube, torce pelo time. Ainda não tive contato com seus exames e testes, mas posso dizer que ele estará jogando muito brevemente", garantiu Filé.   Da mesma forma que na temporada passada, a nova comissão técnica não irá pressionar o goleiro. "Vamos fazer o Marcos sorrir de novo", disse Filé, que já colocou em pé atletas que tiveram suas carreiras ameaçadas precocemente, como o atacante Ronaldo, do Milan, e o meia Pedrinho, ex-Santos.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolPaulistão Série A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.