Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

'Fiz a escolha certa', diz Emerson 'Sheik' no Corinthians

Com contrato até fim de 2013, atacante mostrou confiança de que terá sucesso em novo clube

AE, Agência Estado

24 de maio de 2011 | 12h26

SÃO PAULO - Um dia depois de passar por exames médicos no Corinthians, o atacante Emerson foi apresentado oficialmente nesta terça-feira pela manhã como novo reforço do clube. O jogador vestiu a camisa corintiana no CT Joaquim Grava e mostrou confiança de que terá sucesso pelo novo clube, depois de ter sido campeão brasileiro pelo Flamengo, em 2009, e pelo Fluminense, no ano passado.

O jogador foi dispensado pelo atual campeão nacional, por questões disciplinares, e afirmou que acertou ao aceitar a proposta de defender o Corinthians. Revelado pelas categorias de base do São Paulo, ele também atuou na França, no Japão e no Catar, onde jogou por cinco temporadas e recebeu o apelido de "Sheik".

"Na verdade, quando eu voltei de fora, sempre quis jogar em times competitivos. Foi assim no Flamengo, no Fluminense com o Muricy, e agora entendemos que o Corinthians é um time que vai lutar pelo título. Não foi o primeiro que apareceu e eu aceitei. Eu escolhi o Corinthians porque tenho certeza de que foi a escolha certa", afirmou Emerson.

EMERSON CONCEDE PRIMEIRA ENTREVISTA NO CORINTHIANS

O novo reforço está sem jogar e treinar desde que teve o seu contrato rescindido pelo Fluminense, há cerca de um mês, e agora revelou ansiedade para entrar logo em campo pelo clube. "Assim como o torcedor, estou muito ansioso. Estou parado há um tempo, quase um mês, e precisa ter calma nessa para voltar e voltar bem, sem risco de acontecer uma lesão. Espero que em duas ou três semanas eu possa estar estreando", enfatizou.

O atleta respondeu também sobre a possibilidade de no futuro fazer um trio de ataque com Adriano, outro reforço de peso, que se recupera de lesão, e Liedson. Mas o atleta se mostrou mais preocupado em primeiro mostrar serviço e depois contar com a ajudar dos companheiros de ataque. "Você tem que perguntar para o treinador (se é possível jogar os três juntos), mas tudo é possível, mas não estou preocupado com isso. Estou preocupado em voltar a treinar o mais rápido possível e estar bem para poder jogar", completou.

E Emerson não escondeu o otimismo com a possibilidade de ganhar o seu terceiro Campeonato Brasileiro seguido, apesar de ele ter participado apenas do início da campanha do Flamengo em 2009, quando se transferiu para o Al Ain, dos Emirados Árabes Unidos, antes de fechar com o Fluminense.

"Sou pé quente. Sou otimista para tudo o que faço. Sou um sonhador também, acredito sempre. Trabalhando com honestidade, dedicação, respeitando as pessoas, acredito no sucesso", ressaltou Emerson, que também evitou se colocar na condição de novo protagonista do ataque. "Não quero roubar a cena de ninguém, eu quero é estar bem e poder agradar. As pessoas depositam uma confiança em mim e eu quero retribuir isso."

Veja também:

som ESTADÃO ESPN - Emerson é apresentado e diz que 'gato' na base é caso superado

linkAtacante Emerson relembra caso de falsificação de documento

link JT - Corinthians pechinca valor do Itaquerão

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansEmersonreforço

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.