Fla acha que vai receber da Petrobrás

O presidente do Flamengo, Márcio Braga, disse hoje que o clube deve finalmente voltar a receber o dinheiro do patrocíno da Petrobrás, que já totaliza R$ 3,5 milhões. O pagamento havia sido bloqueado por liminar do Ministério Público devido às dívidas do Rubro-Negro com o INSS. "Acho que em dez dias, no máximo, teremos a solução deste caso, com a liberação das cotas", afirmou o dirigente. Nos últimos dias, Márcio Braga se encontrou com o presidente do INSS, Taiti Onomuni, e com o ministro da Previdência, Amir Lando. "Disse que o Flamengo quer pagar o que deve. Acredito que teremos ganho de causa e poderemos acalmar as coisas", disse o dirigente, referindo-se ao recurso do clube na Justiça Federal do Rio para a cassação da liminar que impede o pagamento da Petrobrás. Time - O meia Felipe participou do treino de hoje e garantiu sua escalação na partida de quinta-feira contra a Portuguesa, pelo segundo turno do Campeonato Carioca. O jogador está recuperado de contusão e espera poder ajudar o Flamengo a conquistar sua primeira vitória na Taça Rio. Já o goleiro Júlio César, com dores nas costas, pode desfalcar o Rubro-Negro. Caso seja vetado, Diego será o titular.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.