Fla admite que pode romper com ISL

O vice-presidente do Flamengo, Walter Oaquim, afirmou nesta quarta-feira que o contrato de parceria com a International Sports License (ISL) pode ser rompido a qualquer momento. O dirigente explicou que a situação da empresa é difícil e tem prejudicado o Rubro-Negro. "A empresa está atrasada na nossa mesada. Isso prejudica todos os setores do clube", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.