Fla, ainda sem Felipe, encara o Bangu

Ainda sem poder contar com o meia Felipe, machucado, o Flamengo enfrenta o Bangu, às 21h45, no Maracanã, pelo segundo turno do Campeonato Carioca. O técnico Abel Braga reconhece que o time teve problemas por não poder contar com sua principal estrela no empate com o Americano, por 1 a 1, na última rodada. Tanto que aproveitou os treinamentos desta semana para trabalhar a ausência de Felipe com os demais jogadores. "A equipe se apresentou mal no segundo tempo e quase perdemos o jogo. Tirando os erros da arbitragem, o Americano atuou muito bem como já era esperado", afirmou Abel, lembrando que o Flamengo teve dois gols legítimos anulados pelo árbitro Wagner Tardelli. Mas o Rubro-Negro não quer pensar neste tema na partida desta quarta-feira com o Bangu. "Vamos fazer a nossa parte e buscar os três pontos", disse Abel. O meia Andrezinho será mantido no lugar de Felipe. O jovem jogador sabe da responsabilidade de substituir o atual ídolo do Flamengo e promete uma melhor apresentação contra o Bangu. "Sei que não fui bem no jogo com o Americano. Posso render muito mais." Sem Felipe as atenções se voltam para dois atletas em especial. Zinho, pela experiência e o dom de cadenciar a partida; e o lateral-esquerdo Roger, que tem se destacado no ataque, marcando gols decisivos. Ambos serão referência dentro de campo para os garotos. Tanto jogadores quanto comissão técnica sabem que uma vitória nesta quarta é importante para o Flamengo manter suas chances de ser campeão da Taça Rio e, assim, evitar a necessidade de uma grande final. "Já ganhamos a Taça Guanabara e não podemos esmorecer agora. Temos que manter o ritmo e a pegada", afirmou o diretor-técnico Júnior.

Agencia Estado,

02 de março de 2004 | 19h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.