Fla aposta em Bruno para sair da crise

O jovem atacante Bruno, de 19 anos, é a aposta do Flamengo para vencer o Americano, nesta quarta-feira, às 19h30, no Maracanã, pelo primeiro turno do Campeonato Carioca. O Rubro-Negro precisa triunfar para permanecer com chances de se classificar à semifinal da competição. "O coração bate forte. E desde que comecei no futebol sonho com esse momento", contou Bruno, que foi escalado pelo técnico do Flamengo, Júlio César Leal, no lugar de Dimba. "Estou consciente e vou tentar fazer o melhor possível para o time continuar sonhando com a classificação." Apesar de negar a existência de crise, mesmo tendo sido derrotado em dois dos três jogos realizados pelo Carioca, o técnico do Flamengo apelou ao sentimento de responsabilidade dos dirigentes para demonstrar sua confiança de permanecer no cargo. Frisou que todos estão cientes da opção que fizeram para a temporada de 2005. "Estou sempre preparado para uma demissão. Sou treinador há mais de 30 anos e sei o que é essa vida", afirmou Leal. "A equipe precisa se reforçar, mas a diretoria do Flamengo quis fazer uma renovação. E sei que ela vai assumir sua responsabilidade na hora da crise, para que possamos ter os resultados esperados no futuro." Já a novidade do Americano será a estréia do técnico Rubens Filho, o Rubinho. O novo treinador entra no lugar de Válter Ferreira que, após a derrota no final de semana para o Madureira, aceitou a proposta da União Barbarense e na segunda-feira se transferiu para São Paulo.

Agencia Estado,

01 de fevereiro de 2005 | 19h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.