Fla e Vasco disputam 3ª final seguida

Vasco e Flamengo começam a decidir o título do Campeonato Carioca, neste domingo, às 15 horas, no Maracanã, revivendo uma das maiores rivalidades futebol brasileiro. Nos últimos dois anos, o Rubro-Negro tem levado vantagem e deixado o arquirival amargando o vice estadual. A formação das duas equipes está cercada de mistérios por causa dos problemas de contusão.A expectativa no Vasco é em relação à participação do artilheiro Romário, contundido na panturrilha da coxa direita. O jogador está fazendo um tratamento intensivo para ter condições de atuar. "Só jogo se estiver 100% fisicamente", garantiu o atacante. Nas duas últimas decisões do Carioca, Romário não atuou porque também estava se recuperando de uma contusão.O técnico Joel Santana fez mistério quanto à escalação da equipe. Recuperados de contusão, os volantes Nasa e Jorginho podem substituir Fabiano Eller e Paulo Miranda. O treinador do Vasco fez questão de ?esquecer? a vantagem de jogar por dois empates nesta decisão. "Os jogadores precisam entrar em campo pensando na vitória. A vantagem só vale no final da partida. Temos de esquecê-la." No Flamengo, o técnico Zagallo tem dois problemas para escalar a equipe. O meia Beto e o zagueiro Gamarra se recuperam de contusões. Se não puderem atuar, Fernando entra na zaga e, no meio-de-campo, Jorginho e Reinaldo disputam a vaga. Outra opção do treinador é a escalação de Reinaldo como companheiro de Edílson no ataque.Edílson e Romário lutam pela artilharia da competição. Com 14 gols, um a mais do que o craque vascaíno, Edílson disfarçou e afirmou que o mais importante é a conquista do título pelo Flamengo. "Quero fazer os gols para ajudar o Flamengo. A artilharia é conseqüência", disse.A decisão do título Estadual deste ano representa a 13ª final entre Vasco e Flamengo. Os flamenguistas levam vantagem sobre os vascaínos por terem conquistados sete vitórias contra cinco dos rivais. "Acho que isso é um indício de que seremos os campeões", comemorou Zagallo, que tem o 13 como seu número de sorte. O presidente do Flamengo, Edmundo Santos Silva, informou que vai distribuir 50 mil cornetas para os torcedores, a exemplo do que fez na decisão do ano passado, quando o seu time conquistou o bicampeonato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.