Fla e Vasco se enfrentam pelo sonho de chegar à Libertadores

As duas equipes jogam nesta quinta, às 21h45, no Maracanã, em jogo adiado da sétima rodada da competição

17 de outubro de 2007 | 19h15

O Flamengo vive seu melhor momento no Campeonato Brasileiro, com nove vitórias e apenas 3 derrotas nas últimas 16 partidas, ótimo aproveitamento de 64,56% dos pontos em disputa. Já o Vasco se recuperou de série de quatro derrotas ao bater o Botafogo, no último domingo. As duas equipes se enfrentam nesta quinta, às 21h45, no Maracanã, em jogo adiado da sétima rodada, com o mesmo número de pontos: 43. O Vasco está em sétimo, com uma vitória a mais, e os flamenguistas em nono, os dois na zona de classificação para a Copa Sul-Americana. O ganhador poderá até sonhar em lutar por uma vaga na Libertadores. Há muito, os viscerais rivais não se batem pelo Brasileiro em tal situação, com ambos almejando posições e metas mais dignas do que em anos recentes. O técnico Celso Roth terá um desfalque importante para seu esquema, mas que é visto como reforço por parte dos torcedores vascaínos. Expulso contra o Botafogo, o cabeça-de-área Amaral não poderá atuar. As opções para o posto são Roberto Lopes, mais marcador, e Andrade, que possui chute forte e preciso e é o preferido da torcida.  Roth, no entanto, não tem grande afeição pelo meia, recontratado contra sua vontade, além de a entrada de Lopes não alterar muito a forma de atuar do time, com mais pegada no meio-campo. A decisão, porém, deve ficar para a hora do clássico.FlamengoBruno; Leonardo Moura, Ronaldo Angelim, Rodrigo Arroz e Juan; Rômulo, Cristian, Toró e Ibson; Maxi (Renato Augusto) e SouzaTécnico: Joel SantanaVascoSilvio Luiz; Vilson, Júlio Santos e Jorge Luiz; Wagner Diniz, Andrade, Perdigão, Conca e Eduardo; Leandro Amaral e MarcelinhoTécnico: Celso RothÁrbitro: Evandro Rogério Roman (PR)Estádio: MaracanãHorário: 21h45TV: Pay-Per-View No Flamengo, Joel Santana também precisará contornar sério desfalque. O zagueiro capitão Fábio Luciano está suspenso, por ter recebido o terceiro cartão amarelo contra o Paraná. Joel deve escalar Rodrigo Arroz. O jovem Thiago Sales fica no banco. A boa notícia é o retorno do meia-atacante Renato Augusto, que ficou afastado mais de um mês com uma contusão muscular na coxa esquerda. Sua última partida foi justamente contra o Vasco. A princípio Joel deverá deixá-lo no banco de reservas, mas a dúvida ainda persiste depois que Renato atuou com desenvoltura e eficiência nos coletivos preparatórios. É certeza, porém, que o atleta não tem condições de jogar os 90 minutos. Caso comece como titular, Toró seria o sacrificado. "O Renato Augusto me encantou. A minha única dúvida é se ele sai como titular ou começa no banco. Só vou divulgar a escalação antes do jogo", disse Joel.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.