Fla espera contar com torcida rival

Agüentar a pressão no campo adversário é uma lição que o Flamengo aprendeu na fase anterior da Copa do Brasil, contra o Juventude, quando conseguiu se classificar, nos pênaltis, apesar de ter dois jogadores expulsos. Agora, o time carioca espera usar da força da torcida rival contra o próprio oponente. Esse é o objetivo da equipe no jogo com o Coritiba, nesta quarta-feira, às 21h45, no Couto Pereira, pela Copa do Brasil."O estádio vai estar lotado e, se passar os 20 primeiros minutos, a torcida vai começar a pressionar o time deles. Temos de aproveitar", explicou o atacante Reinaldo, que não tem escalação confirmada. Para evitar um gol adversário no início, o técnico Zagallo deve escalar a equipe com três volantes, que, ao lado do meia Beto, exercerão um forte marcação no meio-de-campo.A opção do treinador por essa formação defensiva deve-se à suspensão de Petkovic, que foi expulso na última partida. A indefinição está no ataque, onde o treinador terá de escolher entre Reinaldo e Roma, que vêm fazendo um revezamento na posição. A tendência é que Reinaldo comece jogando. Na lateral esquerda, Anderson será o substituto de Cássio, também suspenso.A decisão do Campeonato Carioca, contra o Vasco, no domingo, foi assunto evitado, nesta terça-feira, entre os jogadores flamenguistas. "Não podemos pensar no Vasco porque temos um compromisso difícil", explicou o volante Leandro Ávila. A equipe fez o seu último treino no campo do Atlético-PR, em Curitiba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.